Rafael Reis

Rafael Reis

Siga nas redes
Reportagem

Na briga pela artilharia, ex-Fluminense é o melhor finalizador da Champions

O atacante mais letal da Liga dos Campeões da Europa não tem metade da fama de Kylian Mbappé e Erling Haaland, não joga em nenhum dos clubes favoritos ao título e jamais disputou uma partida pela seleção principal do seu país.

Na edição 2023/24 do torneio interclubes mais badalado do planeta, ninguém possui uma proporção tão alta de finalizações que terminaram em bolas balançando as redes quanto o brasileiro Evanilson.

Um dos vice-artilheiro da Champions, o centroavante revelado nas categorias de base do Fluminense e que está na quarta temporada pelo Porto precisou de apenas seis chutes para anotar quatro gols nas quatro primeiras rodadas da fase de grupos.

Uma curiosidade é que todos os gols de Evanilson foram marcados contra o mesmo adversário, o Royal Antuérpia, que foi batido duas vezes pela equipe portuguesa (4 a 1, na Bélgica, e 2 a 0, no estádio do Dragão).

Finalizou é gol

Com 66,7% das finalizações transformadas em gol, o camisa 30 do Porto tem um aproveitamento de fazer inveja a todos os jogadores que balançaram as redes em pelo menos duas oportunidades nesta Champions.

O espanhol Álvaro Morata (Alético de Madri) e o dinamarquês Rasmus Hojlund (Manchester United), que dividem a artilharia da competição neste ano, arriscaram dez chutes e cabeceios cada para marcar cinco vezes. Ou seja, têm eficiência de 50% das finalizações.

Haaland (Manchester City) já finalizou 24 vezes para marcar os mesmos quatro gols de Evanilson (16,7% de acerto), enquanto Mbappé (PSG) anotou três gols em 14 tentativas (21,4%).

Arma pela classificação

O bom momento de Evanilson, que no último fim de semana marcou duas vezes no 4 a 0 sobre o Montalegre, pela Taça de Portugal, é uma das principais armas do Porto para tentar uma classificação antecipada para as oitavas de final da Champions.

Continua após a publicidade

Empatado com o Barcelona no topo da classificação do Grupo H (nove pontos), seu adversário na rodada de hoje, o time português pode selar a ida para a próxima fase até com um empate na Catalunha, dependendo do resultado do outro jogo do grupo, entre Shakhtar Donetsk e Royal Antuérpia.

A principal novidade do Porto para o confronto na Espanha é o retorno do zagueiro e capitão Pepe, que foi poupado da última partida por conta de problemas físicos.

Das 16 vagas para a abertura dos mata-matas decisivos da Champions, seis já têm donos definidos. Bayern de Munique, Real Madrid, Real Sociedad, Inter de Milão, Manchester City e RB Leipzig já estão classificados.

Adeus da Champions

Esta é a última edição da Liga dos Campeões no formato atual, que vem sendo utilizado desde 2003/04. A partir da temporada seguinte, ela passará por uma reformulação completa, acabará com a fase de grupos e contará com a presença de 36 equipes na etapa principal.

O sucessor do Manchester City no posto de vencedor da Champions será conhecido no dia 1º de junho de 2024. A final será jogada no estádio de Wembley, em Londres.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes