PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

5 brasileiros no exterior que já podem assinar com seu time para 2022

Dentinho está na reta final do contrato com o Shakhtar Donetsk - Getty Images
Dentinho está na reta final do contrato com o Shakhtar Donetsk Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

28/07/2021 04h00

O Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil, a Libertadores e a Sul-Americana estão a pleno vapor. Mas, enquanto técnicos e jogadores estão mergulhados nas competições desta temporada, é bom que os clubes tenham dirigentes pensando já no próximo ano.

Afinal, os atletas cujos contratos terminam em dezembro e janeiro já podem assinar vínculos com as equipes que irão defender na temporada que vem. E o melhor é que contratá-los não exige nenhum tipo de pagamento aos times que eles defendem atualmente.

O "Blog do Rafael Reis" resolveu dar uma ajudinha nesse trabalho de garimpagem que os clubes brasileiros deveriam estar fazendo e apresenta abaixo cinco jogadores brasileiros no exterior que já podem assinar com novas agremiações para 2022.

DENTINHO
Atacante
32 anos
Shakhtar Donetsk (UCR)

Lá se vão dez anos desde que Dentinho deixou o Corinthians para jogar na Ucrânia. Durante quase todo esse tempo, sempre surgiram rumores de que o atacante estaria prestes a retornar ao futebol brasileiro. Pois essas especulações estão prestes a se tornar realidade. O jogador de 32 anos está no último semestre do seu contrato com o Shakhtar Donetsk e, por conta da idade elevada e de hoje ser apenas uma opção no banco de reservas, dificilmente será renovado. O caminho mais provável da volta de Dentinho ao seu país-natal é o Corinthians, que já teve alguns namoros com o atacante ao longo da última década. Mas é claro que sempre pode surgir um novo amor para impedi-lo de voltar ao alvinegro paulistano.

VÁGNER LOVE
Atacante
37 anos
Kairat Almaty (CAZ)

Vagner Love marca pelo Kairat Almaty, do Cazaquistão - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

O ex-atacante de Palmeiras, Flamengo e Corinthians pode até estar na reta final da carreira, mas continua mandando bem na arte de balanças as redes adversárias. No Kairat Almaty, clube que defende há pouco mais de um ano, Vágner Love acumula 18 gols em 37 partidas e um título de campeão nacional do Cazaquistão. Como atua em uma liga que utiliza calendário semelhante ao brasileiro (de janeiro a dezembro), seu contrato termina no fim do ano. Pelo papel de protagonista que exerce por lá, Love pode até receber alguma oferta para continuar no clube em 2022. Mas certamente eventuais propostas vindas do Brasil serão colocadas na balança pelo veterano jogador.

ALEXANDRE PATO
Atacante
31 anos
Orlando City (EUA)

Alexandre Pato no Orlando City Stadium - Reprodução/Twitter @OrlandoCitySC - Reprodução/Twitter @OrlandoCitySC
Imagem: Reprodução/Twitter @OrlandoCitySC

Apesar de sofrer rejeição de muitos torcedores, o ex-atacante de Milan, Chelsea e seleção brasileira é um atacante tecnicamente acima da média e que ainda pode empolgar clubes que estão precisando de reforços mais midiáticos. Pato está desde fevereiro nos Estados Unidos, mas só conseguiu disputar uma partida pelo Orlando City antes de sofrer uma grave lesão no joelho e precisar ser submetido a uma cirurgia. Devido aos problemas físicos e pelo fato de ter contrato só até dezembro, o futuro do atacante é um mistério e todas as possibilidades precisam ser consideradas, inclusive um retorno ao Brasil.

LÉO BAPTISTÃO
Atacante
28 anos
Wufan FC (CHN)

Leo Baptistão - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

O atacante, que nunca jogou profissionalmente no Brasil, construiu uma carreira bem interessante na Espanha e defendeu clubes como Atlético de Madri, Espanyol, Villarreal, Betis e Espanyol. Em 2019, transferiu-se para o Wuhan FC (então Wuhan Zall) e foi disputar o Campeonato Chinês. Mas Léo Baptistão deve mudar de clube novamente nos próximos meses. Como seu time está enfrentando uma grave crise financeira, é quase impossível que seu contrato seja renovado para o próximo ano. E o time que desejar contratá-lo talvez nem precise esperar o fim do seu vínculo, em dezembro, para completar a transferência. Uma boa conversa com a diretoria do Wuhan deve levar uma antecipação do encerramento do vínculo.

ANDRÉ SHINYASHIKI

André Shinyashiki - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação


Meia-atacante
24 anos
Colorado Rapids (EUA)

Desconhecido no Brasil, o meia-atacante se mudou para os Estados Unidos durante o ensino médio e atuou no futebol universitário até ser draftado pelo Colorado Rapids e ingressar na MLS, em 2019. Na sua temporada de estreia, foi eleito o novato do ano da competição e já passou a ser reconhecido como um dos bons valores do "soccer". Polivalente, André pode fazer todas as funções do ataque e hoje é uma peça das mais importantes dos Rapids. Só que seu contrato termina em dezembro. Quem sabe ele não tenha o desejo de tentar vencer também na sua terra natal?