PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Os piores: 7 jogadores brasileiros que saem em baixa desta temporada

Roberto Firmino (Liverpool) foi uma das decepções brasileiras da temporada - Getty Images
Roberto Firmino (Liverpool) foi uma das decepções brasileiras da temporada Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

21/05/2021 04h00

A temporada 2020/21 do futebol europeu está contando os dias para seu desfecho. Neste fim de semana, será disputada a última rodada dos principais campeonatos nacionais do continente.

E, no próximo, será vez da decisão da Liga dos Campeões. Por isso, chegou a hora de se analisar tudo que rolou de importante nos gramados mais badalados do planeta ao longo dos últimos nove meses.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete jogadores brasileiros que certamente não olharão com carinho para as competições de 2020/21. Afinal, eles ficaram devendo ao longo do ano e fecham a temporada em baixa no cenário internacional da bola.

ROBERTO FIRMINO
Atacante
29 anos
Liverpool (ING)

Considerado um dos melhores (e mais inteligentes) atacantes do futebol mundial até pouco tempo atrás, o dono da camisa 9 do Liverpool naufragou junto com a equipe inglesa. Firmino só marcou nove gols durante toda a temporada, passou em branco a Champions inteira e chegou a ficar quase quatro meses inteiros sem balançar as redes. Nas últimas semanas, o brasileiro até se recuperou um pouco, voltou a fazer gols decisivos e manter os Reds na briga por vaga na próxima edição do torneio continental. Só que o estrago já estava feito, e Firmino certamente não guardará saudades da temporada que está para terminar.

NEYMAR
Meia-atacante
29 anos
Paris Saint-Germain (FRA)

Neymar conquistou apenas a Supercopa da França até aqui na temporada 20/21 - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Apesar de ter alcançado as semifinais da Liga dos Campeões com o PSG, o jogador brasileiro mais badalado de sua geração ficou novamente devendo. Em 2020/21, o astro da camisa 10 sofreu com o excesso de lesões, perdeu muitos jogos por questões disciplinares e ficou de fora de quase metade dos compromissos da equipe francesa. Com tanto tempo fora de combate, Neymar viveu a segunda temporada menos artilheira da sua carreira na Europa. O meia-atacante, que só tem mais um jogo pela frente (a decisão do título francês) antes de se apresentar à seleção, fez 17 gols nesse ciclo, mais apenas que do que em 2013/14 (15), seu primeiro ano no Barcelona.

GABRIEL JESUS
Atacante
24 anos
Manchester City (ING)

Gabriel Jesus comemora o segundo gol do City na Liga dos Campeões - FERENC ISZA/AFP - FERENC ISZA/AFP
Imagem: FERENC ISZA/AFP

Definitivamente, a temporada não foi boa para os principais homens de frente de Tite. Assim como Firmino e Neymar, Gabriel Jesus também ficou devendo nos últimos meses. Apesar de o Manchester City ter sido campeão inglês e estar pela primeira vez na final da Champions, o brasileiro teve uma participação bem modesta nesses feitos. Mesmo com os vários problemas físicos enfrentados por Agüero, Gabriel Jesus não conseguiu virar o centroavante titular nos jogos mais importantes da temporada e obrigou Guardiola a recuperar a ideia de atuar com um "falso 9". Quando requisitado, o ex-jogador do Palmeiras também não entregou grande coisa. Seu último gol foi marcado no começo de abril, e ele já enfrenta nove partidas consecutivas de jejum.

ARTHUR
Meia
24 anos
Juventus (ITA)

Arthur Melo, jogador do Juventus - Reprodução/ Facebook - Reprodução/ Facebook
Imagem: Reprodução/ Facebook

Jogador brasileiro mais caro da janela de transferências de início desta temporada, o meia trocou Barcelona por Turim na esperança de dar um "reset" na carreira e voltar aos seus melhores dias. Mas o sonho de recuperar o bom futebol na Juventus durou pouco. O brasileiro foi cobrado publicamente pelo técnico Andrea Pirlo, um especialista na sua posição, e não conseguiu se firmar como titular. Para piorar ainda mais sua situação particular: a equipe bianconera, que mandava no futebol italiano há quase uma década, viu seu desempenho coletivo desabar e passou meses em crise. O insucesso na Juve custou a Arthur a vaga cativa que tinha na seleção, e ele não foi convocado para a próxima rodada das eliminatórias da Copa do Mundo-2022.

PHILIPPE COUTINHO
Meia
28 anos
Barcelona (ESP)

Philippe Coutinho, durante partida do Barcelona - Pau BARRENA / AFP - Pau BARRENA / AFP
Imagem: Pau BARRENA / AFP

Não é de hoje que Coutinho anda mal das pernas. A diferença é que, nesta temporada, ele acreditou que poderia recuperar a confiança da torcida do Barcelona no seu futebol. O brasileiro retornou do empréstimo ao Bayern de Munique como uma das poucas caras novas de um time que precisava de uma reformulação completa depois do desastre vivenciado em 2019/20. E Coutinho até que começou o ano como titular. Mas, com o tempo, as oscilações foram novamente aparecendo e ele acabou perdendo espaço ante o crescimento do garoto Pedri. Em janeiro, sofreu uma grave lesão de joelho que encerrou prematuramente sua temporada. Agora, o dono da camisa 14 está na lista de jogadores que o Barça pretende negociar na próxima janela de transferências para fazer caixa e buscar novos reforços.

ÉVERTON CEBOLINHA
Meia-atacante
25 anos
Benfica (POR)

Éverton Cebolinha vive jejum de gols e fase ruim no Benfica - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Destaque da seleção brasileira nos últimos anos, o ex-jogador do Grêmio teve uma chegada à Europa cheia de expectativas. Todo mundo queria ver o que Cebolinha conseguiria aprontar no Benfica, sob comando de Jorge Jesus, técnico que ganhou quase tudo que disputou no Flamengo. Só que a parceria rendeu muito menos frutos do que o esperado. A equipe lisboeta simplesmente não deslanchou: caiu ainda nas fases preliminares da Champions e passou longe da briga pelo título português. Éverton foi titular durante quase a temporada toda, mas não foi o protagonista que o Benfica precisava. Em baixa, chegou a ser procurado pelo Grêmio dois meses atrás para discutir uma possível volta para casa.

REINIER
Meia-atacante
19 anos
Borussia Dortmund (ALE)

Borussia Dortmund confirma infecção de Reinier pelo novo coronavírus - GettyImages - GettyImages
Imagem: GettyImages

Ainda em busca de experiência no futebol europeu, a jovem cria da base do Flamengo foi emprestada pelo Real Madrid ao Borussia Dortmund devido à reconhecida capacidade da equipe alemã de fazer evoluir garotos talentos. Só que isso não aconteceu com Reinier. Durante a temporada toda, ele não foi escalado uma única vez como titular e, na soma de todas as partidas que disputou, permaneceu em campo durante míseros 260 minutos. Em tese, o brasileiro ainda tem mais um ano cedido ao Dortmund, mas não será nenhuma surpresa se o Real intervir e tentar mandá-lo para um outro clube onde ele tenha mais oportunidades de jogar e, assim, evoluir.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL