PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Os melhores: 7 jogadores brasileiros que saem em alta desta temporada

Casemiro foi um dos destaques brasileiros na temporada 2020/21 - Getty Images
Casemiro foi um dos destaques brasileiros na temporada 2020/21 Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

20/05/2021 04h00

A temporada 2020/21 do futebol europeu está contando os dias para seu desfecho. Neste fim de semana, será disputada a última rodada dos principais campeonatos nacionais do continente. E, no próximo, será vez da decisão da Liga dos Campeões.

Por isso, chegou a hora de se analisar tudo que rolou de importante nos gramados mais badalados do planeta ao longo dos últimos nove meses.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete jogadores brasileiros que certamente irão olhar com carinho para as competições de 2020/21. Afinal, eles jogaram demais ao longo do ano e fecham a temporada em alta no cenário internacional da bola.

CASEMIRO
Volante
29 anos
Real Madrid (ESP)

Se o Real Madrid alcançou as semifinais da Liga dos Campeões da Europa e chega à última rodada do Campeonato Espanhol em condições de conquistar o título, boa parte da responsabilidade é de Casemiro. O volante, que já há um bom tempo é um dos principais pilares defensivos da equipe merengue, tornou-se nesta temporada essencial também no ataque. Bom na bola aérea e também nos chutes de média distância, o brasileiro conseguiu a proeza de ser o vice-artilheiro do time em 2020/21, com sete gols, menos apenas que o francês Karim Benzema.

MARQUINHOS
Zagueiro
27 anos
Paris Saint-Germain

Paris Saint-Germain's Brazilian defender Marquinhos celebrates after scoring a goal during the UEFA Champions League first leg semi-final football match between Paris Saint-Germain (PSG) and Manchester City at the Parc des Princes stadium in Paris on April 28, 2021. (Photo by Anne-Christine POUJOULAT / AFP) - ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/AFP - ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/AFP
Imagem: ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/AFP

Neymar pode até ser o brasileiro mais badalado do Paris Saint-Germain. Mas, em 2020/21, nenhum representante do futebol pentacampeão mundial foi mais importante para a equipe francesa que Marquinhos. Apesar dos tropeços do time no campeonato nacional, o capitão do PSG teve uma temporada que beirou a perfeição e se firmou no grupo dos melhores zagueiros do planeta. Não à toa, o ex-jogador do Corinthians virou um dos intocáveis do técnico Mauricio Pochettino, que só concede um descanso para ele quando realmente não é mais possível mantê-lo em campo.

EDERSON
Goleiro
27 anos
Manchester City (ING)

Goleiro brasileiro Ederson faz aquecimento antes de Manchester City x PSG pela Champions League - REUTERS/Phil Noble - REUTERS/Phil Noble
Imagem: REUTERS/Phil Noble

O reserva da meta da seleção conquistou pela segunda temporada consecutiva a Luva de Ouro, prêmio destinado ao goleiro que mais jogos passou sem sofrer gols no Campeonato Inglês. Além disso, Ederson conquistou o terceiro título da Premier League de sua carreira e vai disputar pela primeira vez a final da Champions. Em um ano em que o dono da camisa 1 brasileira (Alisson, do Liverpool) oscilou demais, o arqueiro do City certamente diminuiu a distância que o separa da titularidade da seleção.

LUCAS PAQUETÁ
Meia-atacante
23 anos
Lyon (FRA)

Paquetá marca, mas Lyon perde para Montpellier no Campeonato Francês - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

A carreira do ex-flamenguista na Europa ia de mal a pior até o começo desta temporada. A situação de Lucas Paquetá no Milan andava tão ruim que muita gente acreditava que era só uma questão de tempo para que o meia-atacante retornasse ao futebol brasileiro. Mas o ainda jovem jogador encontrou um outro caminho: mudou-se para a França e virou um dos principais responsáveis pelo Lyon voltar a brigar no topo da classificação da Ligue 1. Só nos últimos dois meses, o camisa 12 marcou seis gols e deu quatro assistências. A reviravolta na carreira lhe valeu a convocação para defender a seleção na rodada dupla de junho das eliminatórias da Copa do Mundo-2022.

RAPHINHA
Meia-atacante
24 anos
Leeds United (ING)

Raphinha comemora gol marcado pelo Leeds - Divulgação/Leeds - Divulgação/Leeds
Imagem: Divulgação/Leeds

Seis gols, oito assistências e elogios vindos de todos os lados possíveis. Pouca gente imaginava que a primeira temporada de Raphinha na liga nacional mais rica, badalada e competitiva do planeta seria tão boa. Um ano atrás, o meia-atacante era "apenas" um coadjuvante de luxo do Rennes no Francês. Agora, tornou-se protagonista do Leeds, uma das gratas surpresas do futebol europeu nos últimos meses, virou homem de confiança do aclamado técnico Marcelo Bielsa e encerrou a temporada com muitas vozes pedindo sua convocação para seleção. Para completar, Raphinha também viu seu nome "explodir" nos rumores do Mercado da Bola. Só nas últimas semanas, Manchester City e Manchester United foram apontados como possíveis destinos do jogador.

EMERSON ROYAL
Lateral direito
22 anos
Betis (ESP)

Emerson Royal, lateral-direito do Real Bétis - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Uma rara cara nova em uma das posições mais carentes do futebol mundial, o lateral direito que se mandou para a Europa antes mesmo de ficar conhecido no Brasil conseguiu se destacar no Betis e tem aparecido em boa parte das seleções de melhores do Campeonato Espanhol nesta temporada. Até por isso, é bem provável que Emerson Royal retorne para o Barcelona, parceiro do Betis nos direitos econômicos do jogador, depois das férias de meio de ano. Uma outra possibilidade é que os dois clubes negociem em conjunto o brasileiro, que faz parte da lista de desejos do PSG para o futuro.

JOÃO PEDRO
Atacante
29 anos
Cagliari (ITA)

João Pedro, melhor brasileiro na Chuteira de Ouro, comemora gol pelo Cagliari - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Ex-companheiro de Neymar no Santos, o atacante do Cagliari deve terminar a segunda temporada consecutiva como jogador brasileiro que mais balançou as redes nas cinco principais ligas nacionais da Europa. Mesmo defendendo um time que passou o ano inteiro lutando contra o rebaixamento, João Pedro marcou 16 vezes no Campeonato Italiano e ocupa a oitava posição na artilharia do torneio. O capitão do Cagliari espera que essa chuva de gols lhe proporcione uma transferência para um clube mais poderoso da Itália, onde permanecer na primeira divisão deixe de ser seu único objetivo da temporada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL