PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

7 "loucuras" para seu time fazer no Mercado da Bola para o 2º semestre

Marcelo não deve permanecer no Real Madrid para a próxima temporada - GABRIEL BOUYS/AFP
Marcelo não deve permanecer no Real Madrid para a próxima temporada Imagem: GABRIEL BOUYS/AFP
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

14/05/2021 04h00

De vez em quando o futebol brasileiro é sacudido pela chegada de um reforço que foge completamente dos padrões de contratação que normalmente vemos nos times do país pentacampeão mundial.

Foi assim quando Ronaldo, um brasileiro ainda com mercado farto na Europa, assinou com o Corinthians. A história se repetiu no dia em que o Botafogo anunciou Clarence Seedorf, um astro europeu, e, em menor escala, quando tentou usar a fórmula novamente com o japonês Keisuke Honda.

Mas, dando certo ou não dentro de campo, é fato que essas contratações tiveram sucesso midiático, levaram os nomes das equipes brasileiras ao exterior e chamaram a atenção de torcedores que não estavam acompanhando tão de perto assim os seus clubes de coração.

Pensando nisso, o "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete opções de "loucuras" para seu time fazer no Mercado da Bola para o segundo semestre deste ano. Quem sabe ele acabe tornando real um reforço que todo mundo considera fora das possibilidades.

MARCELO
Lateral esquerdo
33 anos
Brasileiro
Real Madrid (ESP)

Quatro títulos de Liga dos Campeões da Europa, participação em duas Copas do Mundo e mais de 520 partidas pelo Real Madrid. Marcelo é um dos patrimônios do futebol mundial nas últimas décadas e foi durante um bom tempo tratado como o melhor lateral esquerdo do planeta. Mas a idade tem pesado cada vez mais para o brasileiro. Desde a temporada passada, o jogador tem ficado mais tempo no banco de reservas do que em campo. E, de acordo com o jornal espanhol "Marca", nem mesmo o técnico Zinédine Zidane, tradicionalmente conhecido por ser um dos seus grandes apoiadores, quer mais que ele continue no Real. É claro que Marcelo ainda tem muito mercado na Europa e pode se transferir para algum outro clube poderoso. Mas ser o "cara" do time, aquele que mobiliza os torcedores e que precisa decidir partidas, é uma experiência que poucos lugares além do Brasil podem lhe proporcionar.

CESC FÀBREGAS
Meia
34 anos
Espanhol
Monaco (FRA)

Cesc Fàbregas (Monaco) - Philippe Lecoeur/FEP/Divulgação - Philippe Lecoeur/FEP/Divulgação
Imagem: Philippe Lecoeur/FEP/Divulgação

Um dos grandes meio-campistas de sua geração, foi campeão mundial com a seleção espanhola e fez bonito com as camisas de Arsenal, Barcelona e Chelsea. Atualmente, anda meio esquecido no banco de reservas do Monaco, clube que defende desde 2019. Na atual temporada, só começou jogando 19% das partidas da equipe francesa e fez míseros dois gols. Já na reta final da carreira e preparando-se para lançar como treinador, seu desejo declarado para o futuro, Fàbregas poderia se interessar em jogar durante algum tempo no Brasil para experimentar uma outra cultura futebolística antes de trocar definitivamente as chuteiras pelas pranchetas.

LUKAS PODOLSKI
Atacante
35 anos
Alemão
Antalyaspor (TUR)

Lukas Podolski (Antalyaspor) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O alemão tem um carinho especial pelo Brasil, já que foi aqui que viveu o momento mais importante de sua carreira, a conquista do título da Copa do Mundo-2014. Desde então, Podolski se aproximou bastante da torcida do Flamengo, tanto que vira e mexe posta alguma referência ao clube rubro-negro nas redes sociais. Em temporadas anteriores, já houve inclusive negociações entre a equipe do Rio e o jogador. Com apenas mais um mês de contrato com o Antalyaspor e sem muita disposição para continuar na Turquia (fez só cinco gols em 2020/21), o atacante estará em breve novamente disponível no Mercado da Bola. Quem sabe desta vez o Fla (ou algum outro time) não consiga trazê-lo para o Brasil...

RADAMEL FALCAO GARCÍA
Atacante
35 anos
Colombiano
Galatasaray (TUR)

Falcao García (Galatasaray) - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

O maior artilheiro da história da seleção colombiana, com 35 gols, já negociou com o futebol brasileiro. Antes de acertar sua transferência para o Galatasaray, em 2019, Falcao García foi apontado como possível reforço de Flamengo e Palmeiras. Na Turquia, o veterano de 35 anos não tem tido dificuldades para jogar bem, mas sim para jogar. Só nessas duas últimas temporadas, o ex-atacante de Atlético de Madri, Manchester United e Chelsea sofreu seis contusões diferentes. Por causa das dificuldades para escalar Falcao García e do seu salário alto, o Galatasaray não está fazendo muita questão que o centroavante cumpra seu contrato até o fim (junho de 2022). River Plate, Millonarios (COL) e o futebol dos EUA têm sido apontados como seus destinos mais prováveis.

SAMIR NASRI
Meia-atacante
33 anos
Francês
Sem clube

Samir Nasri defendeu o Manchester City e está sem jogar desde 2019 - AFP - AFP
Imagem: AFP

O ex-jogador de Manchester City e Arsenal já foi visto como um dos meias-atacantes mais criativos do futebol mundial e chegou a disputar duas edições da Eurocopa (2008 e 2012). Mas o excesso de lesões e os problemas disciplinares minaram a carreira de Nasri em grandes clubes da Europa. O francês não disputa uma partida oficial de futebol desde outubro de 2019 e rompeu com seu último time, o Anderlecht, da Bélgica, depois de "desaparecer" no começo da pandemia da covid-19. Ainda no ano passado, o nome de Nasri chegou a surgir nas redes sociais como candidato a reforço do Vasco, mas essa especulação jamais ganhou corpo para se concretizar.

DIEGO GODÍN
Zagueiro
35 anos
Uruguaio
Cagliari (ITA)

Diego Godín (Cagliari) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Um dos ícones do futebol uruguaio na década passada, chegou a ser considerado o melhor zagueiro do mundo durante o período em que defendia o Atlético de Madri. Aos 35 anos, Godín não tem mais a mesma disposição física dos seus melhores dias. Mesmo assim, graças ao posicionamento exemplar e à liderança nata que possui, ainda joga o suficiente para se sobressair em qualquer clube do futebol sul-americano. Apesar de ter contrato com o Cagliari até 2023, o defensor talvez esteja disposto a buscar um novo lugar para dar continuidade à carreira, já que passou esta temporada inteira tendo de brigar para permanecer na primeira divisão italiana.

MARIO MANDZUKIC
Atacante
34 anos
Croata
Milan (ITA)

Mario Mandzukic posa com camisa do Milan - Divulgação/Milan - Divulgação/Milan
Imagem: Divulgação/Milan

Três anos atrás, Mandzukic estava em campo pela seleção croata na final da Copa do Mundo e parecia um nome impossível para qualquer clube brasileiro. Só que o ex-atacante de Bayern de Munique, Juventus e Atlético de Madri não é mais o mesmo jogador de 2018. Em julho passado, o atacante foi dispensado do Al-Duhail, do Qatar. Depois ficou meio ano desempregado até acertar com o Milan. Na Itália, tem enfrentado problemas físicos e um jejum de gols que já dura nove partidas. Por isso, é pouco provável que terá seu contrato renovado para a próxima temporada. Como seu mercado na Europa anda bastante reduzido, o Brasil poderia acabar sendo uma oportunidade maluca e interessante.