PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Conheça os 10 maiores artilheiros brasileiros na história da Champions

Neymar é o maior artilheiro brasileiro da história da Liga dos Campeões - Reprodução / Internet
Neymar é o maior artilheiro brasileiro da história da Liga dos Campeões Imagem: Reprodução / Internet
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

25/02/2021 04h20

Neymar ainda sonha em levar o Paris Saint-Germain à conquista inédita do título da Liga dos Campeões da Europa para, assim, alavancar sua candidatura ao prêmio de melhor jogador do planeta.

Mas, mesmo que jamais consiga vencer o torneio interclubes mais importante do planeta pela equipe francesa, o jogador de futebol mais caro de todos os tempos já tem o nome gravado em sua história.

Isso porque o atacante é o brasileiro que mais balançou as redes da competição em todos os tempos. Até hoje, ele anotou 41 gols, distribuídos ao longo de 65 partidas de oito temporadas diferentes.

Em 2014/15, quando foi campeão pelo Barcelona, o astro anotou dez tentos e dividiu a artilharia com Messi e Cristiano Ronaldo. Na atual edição, já marcou seis vezes e só está atrás do norueguês Erling Haaland, do Borussia Dortmund.

Na classificação de maiores artilheiros da Champions, independente da nacionalidade, Neymar ocupa a 16ª posição. O pódio é dominado por três jogadores ainda em atividade: CR7 (134 gols), Messi (119) e Robert Lewandowski (72).

O segundo brasileiro que mais atuou na Liga dos Campeões está bem longe de Neymar: Kaká, que foi a campo 30 vezes entre 2003 e 2014. Rivaldo ocupa a terceira posição, com 27 apresentações. Curiosamente, os dois foram eleitos em algum momento o melhor do mundo.

Além de Neymar, somente outros dois atletas em atividade fazem parte do top 10 dos artilheiros brasileiros da Champions. Luiz Adriano fez 21 gols por Shakhtar Donetsk e Spartak Moscou, enquanto Willian meteu 18 bolas nas redes com as camisas do Shakhtar e do Chelsea.

Só que nenhum deles está na atual temporada do torneio continental, já que Luiz Adriano hoje atua no Palmeiras, clube pelo qual conquistou a última Libertadores, e Willian defende o Arsenal, que foi só o oitavo colocado no último Campeonato Inglês e teve que se contentar em ir para a Liga Europa.

Depois de Neymar, o jogador brasileiro na briga pelo título continental nesta temporada que mais balançou as redes na história da competição é Gabriel Jesus (Manchester City), que já comemorou 16 vezes. Roberto Firmino (Liverpool) marcou 15 gols.

Depois do encerramento da primeira metade das oitavas de final, a Champions retorna no dia 9 de março com os jogos de volta que irão definir os oito melhores times da Europa nesta temporada.

Na primeira semana, irão a campo Juventus, Porto, Borussia Dortmund, Sevilla, PSG, Barcelona, Liverpool e RB Leipzig. Os outros participantes (Real Madrid, Atalanta, Manchester City, Borussia Mönchengladbach, Bayern de Munique, Lazio, Chelsea e Atlético de Madri) têm suas partidas programadas para a semana seguinte, entre os dias 16 e 17.

A decisão da temporada 2020/21 do torneio continental está agendada para 29 de maio e será disputada no Olímpico Atatürk, em Istambul (Turquia). O estádio originalmente seria palco da final do ano passado, que precisou ser alterada por causa da pandemia da covid-19.

Brasileiros com mais gols na Champions

1 - Neymar (Barcelona e PSG) - 41
2 - Kaká (Milan e Real Madrid) - 30
3 - Rivaldo (Barcelona, Olympiacos e Milan) - 27
4 - Élber (Bayern de Munique e Lyon) - 25
Jardel (Porto e Galatasaray) - 25
6 - Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk e Spartak Moscou) - 21
7 - Romário (PSV Eindhoven e Barcelona) - 20
8 - Juninho Pernambucano (Lyon) - 18
Ronaldinho Gaúcho (Barcelona e Milan) - 18
Willian (Shakhtar Donetsk e Chelsea) - 18