PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


7 brasileiros conhecidos que estão ameaçados de rebaixamento na Europa

Felipe Anderson, ex-Santos, é jogador do West Ham (ING) - Andrew Couldridge/Getty Images
Felipe Anderson, ex-Santos, é jogador do West Ham (ING) Imagem: Andrew Couldridge/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

15/07/2020 04h00

Classificação e Jogos

A temporada 2019/2020 do futebol europeu foi difícil para todo mundo. Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as competições foram paralisadas por períodos de dois a quatro meses, e os jogadores tiveram de lidar com um cenário de muita incerteza para o futuro.

Mas, para alguns atletas, os últimos meses têm sido ainda mais complicados. É que, além da ansiedade provocada pela proliferação da doença que já matou mais de 560 mil pessoas, eles estão tendo de lidar com resultados ruins dentro de campo e o perigo do rebaixamento.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete atletas brasileiros conhecidos do grande público, alguns até com passagem pela seleção, que estão sob risco de descenso nesta reta final da temporada nos principais campeonatos nacionais da Europa.

FELIPE ANDERSON
West Ham (ING)

Felipe Anderson - Jason Cairnduff/Action Images via Reuters - Jason Cairnduff/Action Images via Reuters
Imagem: Jason Cairnduff/Action Images via Reuters

O ex-jogador do Santos já viveu ótimos momentos na Europa e chegou a ser cogitado como futuro reforço do Manchester United. Mas, na temporada 2019/2020, nada tem dado certo para Felipe Anderson. O meia-atacante foi parar no banco de reservas depois de uma lesão nas costas, em janeiro, e só marcou um gol ao longo dos últimos 12 meses. Para piorar, a situação do West Ham não é nada confortável. Faltando três rodadas para o encerramento do Campeonato Inglês, o time londrino é o segundo time fora da zona de rebaixamento e está apenas três pontos acima do descenso.

DOUGLAS LUIZ E WESLEY
Aston Villa (ING)

Douglas Luiz, volante do Aston Villa - Dylan Martinez/Reuters - Dylan Martinez/Reuters
Imagem: Dylan Martinez/Reuters

Se o West Ham ainda tem uma folguinha, o mesmo não pode se dizer do Aston Villa. O clube de Birmingham é o penúltimo colocado da Premier League e está quatro pontos atrás da primeira equipe livre do rebaixamento, o Watford. E olha que o Villa conta com dois jogadores que passaram pela seleção brasileira nesta temporada. O volante Douglas Luiz e o centroavante Wesley, que estiveram na última convocação de Tite, lá em novembro, correm risco real de virarem jogadores de segunda divisão a partir do próximo mês.

GOMES E JOÃO PEDRO
Watford (ING)

Gomes (Watford) - Divulgação/Watford - Divulgação/Watford
Imagem: Divulgação/Watford

O primeiro time inglês livre do rebaixamento, por enquanto, também conta com uma dupla de brasileiros conhecidos. Veterano da Copa do Mundo de 2010, o goleiro Gomes, de 39 anos, está em seu último ano de carreira, é reserva e não disputou nenhuma partida desta edição da Premier League. Já o jovem atacante João Pedro, de 18 anos, desembarcou na Inglaterra em janeiro, depois de brilhar no Brasileiro de 2019 pelo Fluminense, e só atuou durante 16 minutos na primeira divisão inglesa. O problema para o Watford é que dois dos três jogos que ainda irá disputar nesta temporada são contra gigantes ingleses (Manchester City e Arsenal), o que pode complicar sua permanência na elite.

RAFINHA
Celta (ESP)

Rafinha (Celta) - Reprodução / Twitter - Reprodução / Twitter
Imagem: Reprodução / Twitter

Apesar de estar entre os cinco jogadores brasileiros de melhor desempenho na Europa neste período pós-quarentena, de acordo com levantamento do site "WhoScored?", o filho do tetracampeão mundial Mazinho anda sofrendo bastante na Espanha. Emprestado pelo Barcelona ao Celta, Rafinha não vence há cinco rodadas da La Liga e tem visto a zona de rebaixamento se aproximar. Para a sorte do clube de Vigo, a temporada pode chegar ao fim antes da chegada do descenso. A duas rodadas do fim do campeonato, o Celta tem quatro pontos de vantagem para o Leganés, primeiro rebaixado.

LYANCO
Torino (ITA)

Lyanco, pelo Torino, tenta bloquear finalização de Cristiano Ronaldo em clássico com a Juventus - REUTERS/Massimo Pinca - REUTERS/Massimo Pinca
Imagem: REUTERS/Massimo Pinca

O zagueiro revelado no São Paulo e que faz parte da seleção olímpica do Brasil tem se alternado entre o time titular e o banco de reservas do Torino, time está em queda livre na Itália e foi derrotado em dez das últimas 14 rodadas do Calcio. Despencado pelas tabelas, a equipe grená já está apenas cinco pontos acima do início da zona de rebaixamento e não tem dado sinais de evolução, algo bastante preocupante, já que ainda restam oito rodadas a serem disputadas. Além de Lyanco, o Torino conta ainda com um outro brasileiro, o também zagueiro Bremer, ex-Atlético-MG, que é menos conhecido por aqui.

Rafael Reis