Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Brasileirão mantém tradição e campeão perdeu de rebaixado

O campeão contra o rebaixado.

Normalmente, o mais forte vence. Na Inglaterra, o melhor time da temporada não cai para um dos últimos desde 2013/14, quando o Manchester City caiu contra o Cardiff e o comentarista Gary Lineker postou no twitter: "Pellegrini, bem-vindo à Premier League." O técnico chileno Manuel Pellegeini tornou-se o primeiro, depois de José Mourinho, a conquistar o título como treinador em sua temporada de estreia. Nunca mais!

Também não houve mais campeão perdendo para rebaixado.

No Brasil, desde 2017, é quase o inverso.

O Corinthians de Fábio Carille perdeu do Atlético Goianiense, rebaixado.

No ano seguinte, o Palmeiras conquistou o título, mas perdeu do Sport, que desceu.

Em 2020, o Flamengo empatou com o Botafogo, No ano seguinte, o Atlético Mineiro perdeu do Grêmio, rebaixado.

Em 2022, o Palmeiras estreou perdendo para o Ceará e, neste ano, caiu contra o Santos, em Barueri.

A exceção é o Flamengo, que não perdeu pontos para rebaixados em 2019 — e só empatou em 2020.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes