PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Candidato a presidente da confederação de judô morre com covid

Chico do Judô - Divulgação
Chico do Judô Imagem: Divulgação
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

24/02/2021 16h08

O candidato de oposição à presidência da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Chico do Judô, faleceu hoje em virtude da covid. Francisco de Carvalho Filho tinha 70 anos e era presidente há muitos anos da Federação Paulista de Judô. Por mais de três décadas, foi também vereador eleito na cidade de Mauá, na Grande São Paulo, ocupando diversos cargos naquela cidade durante o período. No ano passado, não conseguiu se reeleger.

"É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do professor Francisco de Carvalho Filho, presidente da Federação Paulista de Judô, ocorrido nesta quarta-feira na Capital de São Paulo, aos 70 anos. Francisco, que há alguns anos passou por transplante de fígado, no ano passado recebeu um rim também por transplante. Na segunda-feira (15) em virtude de complicações pelo Covid 19, foi internado no Hospital do Rim, na Vila Mariana, e acabou falecendo. Nossos pêsames à família, parentes, alunos, e a todos que tiveram o privilégio de conviver com ele e o amavam. Estamos de luto", diz nota enviada pela chapa dele.

Chico concorria contra Silvio Acácio Borges, atual presidente, pelo comando da confederação de judô, em eleição que está marcada para acontecer no próximo dia 6 de março. Ontem cedo o Olhar Olímpico publicou reportagem mostrando que o plano de gestão apresentado pela chapa de Chico era plagiado. Seus aliados enviaram ao blog uma nota assinada pelo próprio Chico, que até um dia antes estava entubado. De acordo com esses aliados, o dirigente havia melhorado e, ontem, já não estava mais entubado.