PUBLICIDADE
Topo

Mercado da Bola

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Paulinho no Corinthians: negócio nos moldes do acordo com Willian

Paulinho rescindiu contrato com o Al-Ahli, da Arábia Saudita - GettyImages
Paulinho rescindiu contrato com o Al-Ahli, da Arábia Saudita Imagem: GettyImages
Bruno Andrade

Mora em Lisboa desde 2015. Começou a carreira no LANCE! e depois virou correspondente internacional da Goal.com. Atualmente, trabalha também no jornal A BOLA e na TVI, ambos de Portugal - esteve antes no jornal O JOGO e Canal 11.

Colunista do UOL

20/09/2021 15h02

Sem pressa, o Corinthians já começa a estudar nos bastidores as estratégias para tentar novamente a contratação de Paulinho, que rescindiu com o Al-Ahli, da Arábia Saudita. A ideia do clube alvinegro passa inicialmente por fazer um negócio nos mesmos moldes do recente acordo com Willian.

Internamente, o Timão se vê disposto a oferecer um contrato válido por dois anos, com a possibilidade de discutir ainda uma renovação automática por mais um. O salário na primeira temporada seria de aproximadamente R$ 800 mil, tendo, depois, um aumento de R$ 200 mil na segunda, totalizando então R$ 1 milhão. O acerto, que contaria também com ações de marketing (bônus financeiro), seria válido a partir de janeiro de 2022

Pessoas próximas ao jogador acreditam que, desta vez, o experiente volante, de 33 anos, tem tudo para aceitar o convite para voltar a jogar no Brasil, onde recentemente também foi alvo de interesse de Grêmio e Red Bull Bragantino.

Apesar do carinho pelo clube de Bragança Paulista, Paulinho tem a preferência pelo Corinthians, com quem nutre uma relação de idolatria e carinho: foram três anos de sucesso com a camisa alvinegra (entre 2010 e 2013). Inclusive, já fez chegar o desejo aos dirigentes corintianos, em especial ao presidente Duilio Monteiro Alves.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado anteriormente, Paulinho foi jogador do Corinthians entre 2010 e 2013, permanecendo, portanto, três anos no clube. O erro foi corrigido.