PUBLICIDADE
Topo

Ciro rebate críticas de Duvivier e diz que ele tem 'síndrome de Zelensky'

Ciro Gomes comparou Gregório Duvivier ao presidente da Ucrânia: "tem gente que pensa que ser baixinho e comediante como Zelensky basta para ser estadista" - Reprodução
Ciro Gomes comparou Gregório Duvivier ao presidente da Ucrânia: 'tem gente que pensa que ser baixinho e comediante como Zelensky basta para ser estadista' Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

18/05/2022 09h07Atualizada em 18/05/2022 11h43

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) rebateu ontem as críticas feitas por Gregório Duvivier e comparou o humorista ao presidente da Ucrânia, ao dizer que ele está com "síndrome de Zelensky".

"Mesmo conhecendo muito bem esse gênero [humor], eu não conheci essa certa variante, aliás, é mais que uma variante, é uma encarnação delirante de personagem, eu vou chamá-la, com respeito, de síndrome de Zelensky", comparou Ciro.

Antes de ser presidente, Zelensky era um comediante muito famoso lá na Ucrânia, essa popularidade acabou o levando à presidência da Ucrânia. Enquanto ele defende seu país no campo de batalha, aqui do outro lado do mundo, do conforto do ar-condicionado e do 'uisquinho' com gelo, fora outros aditivos, tem gente que pensa que ser baixinho e comediante como Zelensky basta para ser estadista, ou melhor, salvador da pátria ou conselheiro-mor da República. Ciro Gomes em transmissão ao vivo nas redes sociais

Ciro fez uma live de quase uma hora na noite de ontem para o programa humorístico "Greg News", apresentado por Gregório Duvivier e exibido pelo canal HBO. O último episódio, exibido na sexta-feira (13) convidou os apoiadores do pedetista a votarem no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já no primeiro turno das eleições deste ano.

O ex-ministro convidou o humorista pelas redes sociais para um debate. Duvivier aceitou, mas não pôde comparecer ontem, pois, segundo ele, a gravação do programa dele acontece às terças há cinco anos.

A assessoria do presidenciável disse ontem que ambos estavam tentando agendar uma data possível para o encontro.

Em resposta ao UOL, Duvivier classificou a fala de Ciro como "triste". "Ciro agora me trata como um candidato, e ele precisa fazer isso porque nenhum candidato quis debater com ele. Cansado de falar sozinho, chama pra briga um comediante. É só triste, mesmo."