PUBLICIDADE
Topo

Campanha pretende arrecadar R$ 500 mil por cestas básicas para catadores

Campanha da ONG Pimp My Carroça pretende arrecadar R$ 500 mil por cestas básicas para catadores  - Divulgação
Campanha da ONG Pimp My Carroça pretende arrecadar R$ 500 mil por cestas básicas para catadores Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

03/05/2021 11h00

Depois de arrecadar R$ 1,5 milhão para ajudar mais de 2 mil catadores na pandemia, a ONG Pimp My Carroça lança uma nova campanha de financiamento coletivo com a meta de conseguir R$ 500 mil para distribuir cestas básicas para, pelo menos, 5 mil catadoras e catadores de todo o Brasil.

Segundo os organizadores da ação, o objetivo é distribuir 5 mil cestas eletrônicas para profissionais da reciclagem. As contribuições, que podem ser feitas pelo site da campanha Cestas Básicas Pros Catadores, vão permitir que os profissionais recebam um cartão com o valor de R$ 100 para gastar no mercado.

"A cesta básica eletrônica foi o formato escolhido por permitir que o catador gaste os R$ 100 do cartão comprando aquilo que quiser ou precisar", diz Mundano, artivista e fundador do Pimp My Carroça.

Outras informações, como o "cestômetro" e detalhes sobre a organização das entregas, estão disponíveis online e são atualizadas toda terça-feira.

Os catadores fazem parte de uma das categorias mais vulneráveis durante a pandemia, em que há menos materiais recicláveis nas ruas e mais "concorrência", já que com o aumento do desemprego também aumenta a quantidade de profissionais circulando em busca de material.