PUBLICIDADE

Topo

Receitas


Cozinhar com bebidas alcoólicas é uma delícia, mas tem regras. Aprenda

Uma das formas de usar o álcool é para flambar pratos - Getty Images/iStockphoto
Uma das formas de usar o álcool é para flambar pratos Imagem: Getty Images/iStockphoto

Pedro Fonseca

Do UOL

04/12/2019 04h00

Alguns pratos, como carnes, molhos e risoto, levam vinho, destilados e cerveja para dar um toque especial ao sabor. Mas qual o jeito certo de incluir a bebida no preparo da receita? O chef Melchior Neto, do Botequim Carioca, dá valiosas dicas para se aventurar nessa combinação.

"Geralmente, o destilado entra na receita para cozinhar a carne, além de agregar no sabor. Os vinhos são usados em molhos, marinadas e risoto", explica o chef.

Porém, conhecer a quantidade certa da bebida é essencial para tornar o prato um sucesso. Se para marinar uma carne, ela fica submersa no líquido, em técnicas para o preparo de molhos ou mesmo para flambar, basta um cálice.

O álcool ajuda a cozinhar a carne e intensificar o sabor - Getty Images/iStockphoto
O álcool ajuda a cozinhar a carne e intensificar o sabor
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Uma dúvida que alguns podem ter é se o álcool permanece no alimento. "Depende da forma que foi usado. O álcool em contato com o calor evapora, então, fica apenas o sabor se bebida for usada no cozimento", diz o chef.

Melchior Neto indica algumas características que as bebidas conferem aos pratos:

Vinho: para ressaltar a acidez no preparo.

Cachaça: para dar um leve sabor adocicado.

Conhaque: indicado para flambar. No momento das chamas, o álcool some e fica apenas o sabor base da bebida. Em sobremesas, a versão de laranja fica perfeita em molho espesso e caramelizado.

Cerveja: ajuda a deixar carnes mais macias e suculentas, graças a uma enzima que amolece as fibras.

Uísque: pode substituir o conhaque nos preparos, mas deve ser usado em menor quantidade porque tem um sabor mais intenso de álcool.

Vamos colocar as dicas em prática? Selecionamos aqui algumas receitas que incluem bebidas alcoólicas no preparo:

Paulo Pereira/UOL
Imagem: Paulo Pereira/UOL

O vinho branco ajuda a ressaltar o sabor do frango com polenta e da pimenta calabresa.

Paulo Pereira/UOL
Imagem: Paulo Pereira/UOL

Um vinho branco seco ajuda a intensificar o sabor desta sopa de cebola.

Paulo Pereira/UOL
Imagem: Paulo Pereira/UOL

Neste risoto de funghi, você pode escolher por vinho tinto ou branco para cozinhar o arroz.

Divulgação/UOL
Imagem: Divulgação/UOL

Com ajuda do vinho branco, este molho vôngole dá mais sabor ao macarrão.

divulgação/Tadeu Brunelli
Imagem: divulgação/Tadeu Brunelli

Um licor de laranja vai na finalização deste crepe suzette tradicional da cozinha francesa.

Divulgação
Imagem: Divulgação

O vinho branco ajuda a elaborar o bisque de camarão que acompanha esta feijoada de frutos do mar.

Paulo Cunha/Divulgação
Imagem: Paulo Cunha/Divulgação

O segredo deste sofisticado peito de pato é a redução de vinho do Porto, que dá um gosto especial ao molho.

Ricardo D'Angelo/Divulgação
Imagem: Ricardo D'Angelo/Divulgação

O vinho branco seco é o ingrediente especial para a massa do trofie aos frutos do mar.

Receitas