Verônica Laino

Verônica Laino

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Com dificuldade para dormir? Veja 3 ervas que melhoram a qualidade do sono

Você sabia que é durante o sono que o organismo se restaura? Enquanto dormimos, nosso corpo está reparando os tecidos, gerando o crescimento muscular e a síntese de proteínas.

Em média, adultos precisam de 7 a 8 horas de sono, porém o dormir bem não considera apenas esse volume de horas, mas sim que essas horas sejam de qualidade, e a regularidade no horário de ir para a cama dormir também é um fator essencial.

O sono passa por cinco fases e cada uma tem sua função.

Na primeira, quando estamos adormecendo, o cérebro está trabalhando de forma irregular, porém o corpo começa a relaxar e a respiração tende a ficar mais lenta.

É na segunda fase que o sono leve se inicia e o coração bate mais lento.

Na terceira fase, o ritmo cerebral reduz e conseguimos entrar no sono profundo. Isso tudo acontece para entrarmos na fase mais importante, a quarta fase, quando acontece a liberação dos hormônios de crescimento, os tecidos se recuperam e o corpo repõe a energia.

Na quinta fase começamos a sonhar. Neste momento, o cérebro acelera novamente e fazemos uma "faxina" na memória, mantendo as informações importantes que foram recebidas no dia.

O problema é que muitas pessoas chegam agitadas do trabalho e ainda têm um monte de coisas para resolver em casa. Quando chega a hora de dormir, ainda estão aceleradas e muitas vezes sem sono, indo se deitar muito tarde e não conseguindo passar por todas as fases do sono.

Pensando nisso, é importante estabelecer um ritual ao chegar em casa, e as ervas podem ajudar nessa tarefa.

Continua após a publicidade

Ao chegar em casa, antes de sair fazendo tudo que precisa ser feito, é preciso dar o comando para o corpo de que o trabalho acabou e que é hora de começar a desacelerar. Então vale parar por 10 minutos, preparar uma xícara de chá e, se possível, até tomar um banho, para já ir reduzindo os níveis de cortisol (hormônio que quando em excesso aumenta a ansiedade e reduz o sono) e aumentando os níveis de melatonina (hormônio responsável por nos relaxar à noite).

O ideal é fazer esses chás em torno de duas horas antes do horário de ir para a cama. As melhores ervas são:

Imagem
Imagem: Istock

Melissa

Essa erva é ótima para relaxar, então se o seu dia foi muito estressante, ou você está muito tenso, é ideal. Para fazer, reserve uma xícara com uma colher (chá) de melissa desidratada. Depois, leve uma panela com água para ferver e antes que levante fervura, quando apenas iniciar a formação daquelas pequenas bolhas na parede da panela, você desliga o fogo. Coloque 300 ml dessa água por cima da xícara, cubra com um pires e deixe descansar por 10 minutos. Coe o chá e consuma ainda morno.

Imagem
Imagem: pexels-lil-artsy
Continua após a publicidade

Mulungu

Este chá é ideal para aquelas pessoas que sofrem com insônia e que demoram para pegar no sono, ou ainda que despertam no meio da noite e têm dificuldade de voltar a dormir.

O chá é feito a partir da casca seca —quando você for comprar, não se assuste, pois parece um pacotinho com serragem, são fiapos de madeira na cor clara.

Para fazer, o processo é o mesmo que o do chá de melissa: reserve uma xícara com duas colheres (chá) de chá de mulungu. Depois, leve uma panela com água para ferver e, antes que levante fervura, quando apenas iniciar a formar aquelas pequenas bolhas na parede da panela, você desliga o fogo. Coloque 300 ml dessa água por cima da xícara. Cubra a xícara com um pires e deixe descansar por 10 minutos. Coe o chá e consuma ainda morno.

Imagem
Imagem: iStock

Maracujá

Muita gente toma suco de maracujá para ficar mais calmo, porém a propriedade tranquilizante está nas folhas e raízes, que contêm substâncias que ajudam no sistema nervoso central, reduzindo a atividade do cérebro e promovendo o relaxamento.

Continua após a publicidade

Existem duas formas de fazer o chá. A primeira é utilizando as folhas frescas da espécie açu, e é feito com uma colher (chá) da folha macerada para cada xícara de água, deixe abafar por 5 minutos, depois coe antes de consumir. Outra forma é utilizar a folha seca do maracujá-roxo, a proporção é mesma, porém, por estar seca, ela pesa menos. Coloque na água fervente conforme expliquei para o chá de melissa, abafe por 5 minutos, coe e consuma em seguida.

Quem não tolera chá sem açúcar, depois da infusão, pode usar melado de cana ou mel para adoçar, mas tente não exceder uma colher rasa de café.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes