PUBLICIDADE

Topo

Mulheres inspiradoras

Michelle Obama faz 57 anos: 5 ações que provam o legado da ex-primeira-dama

Michelle Obama completa 57 anos; a ex-primeira-dama é casada com Barack há 28 e é mãe de duas jovens - Getty Images
Michelle Obama completa 57 anos; a ex-primeira-dama é casada com Barack há 28 e é mãe de duas jovens Imagem: Getty Images

Mariana Gonzalez

De Universa, em São Paulo

17/01/2021 13h11

Michelle Obama deixou a Casa Branca há quatro anos, depois de oito ocupando o cargo de primeira-dama dos Estados Unidos. Mas, enquanto seu marido, Barack, era presidente, Michelle não se contentou em acompanhá-lo em eventos e preparar recepções e abraçou verdadeiras lutas — contra o machismo, a obesidade infantil e pela educação.

Não por acaso, a advogada foi eleita mais de uma vez a mulher mais admirada do mundo. E até Barack, apesar de ter o título de ex-presidente, prefere se apresentar como "marido da Michelle".

Luta contra a obesidade infantil

Michelle Obama colhe legumes da horta da Casa Branca com crianças de Washington, em 2014 - Jonathan Ernst/Reuters - Jonathan Ernst/Reuters
Michelle Obama colhe legumes da horta da Casa Branca com crianças de Washington, em 2014
Imagem: Jonathan Ernst/Reuters

Durante o mandato de Barack, Michelle inaugurou uma horta no jardim da Casa Branca e abriu as portas da residência oficial da presidência para que crianças aprendessem a cultivar os alimentos. Ela também reformulou o cardápio das escolas públicas de todo o país, com opções mais saudáveis, e incentivou a prática de exercícios físicos entre os alunos.

Ela praticou exercícios ao lado de crianças, participou de aulas de dança e até apareceu, na cozinha da Casa Branca, ao lado de personagens da Vila Sésamo, para incentivar que crianças se alimentassem de forma mais saudável.

Luta por igualdade de gênero

Michelle Obama abraça jovem, em cena do documentário 'Minha História' - Divulgação/Netflix - Divulgação/Netflix
Michelle Obama abraça jovem, em cena do documentário 'Minha História'
Imagem: Divulgação/Netflix

Em 2013, um artigo controverso da Politico Magazine se referiu a Michelle como um "pesadelo feminista". Não por acaso: desde que se tornou primeira-dama, ela luta pela igualdade entre os gêneros e inspira meninas a conquistar seus espaços.

Em suas declarações mais recentes, defendeu que as mulheres, assim como os homens, devem "explorar mais" antes de se casar, aderiu ao movimento #MeToo, dizendo que "as mulheres estão cansadas de serem desvalorizadas, ignoradas, com suas vozes não sendo ouvidas".

Incentivo a jovens universitários

Michelle Obama em foto na Universidade de Princeton, onde se formou advogada - Reprodução/Instagram/michelleobama - Reprodução/Instagram/michelleobama
Michelle Obama em foto na Universidade de Princeton, onde se formou advogada
Imagem: Reprodução/Instagram/michelleobama

Em sua biografia "Minha História", Michelle narra com carinho sua trajetória educacional, da escola ao ensino superior, na Universidade de Princeton. Quando se tornou primeira-dama, abraçou para si a função de incentivar educação de qualidade entre jovens.

"Eu era negra e criada em um bairro de trabalhadores de Chicago, enquanto o corpo discente de Princeton era majoritariamente branco e rico. Ir para a faculdade é um trabalho árduo, mas todos os dias encontro pessoas cujas vidas foram profundamente alteradas pela educação, assim como a minha", disse, em 2018, encorajando estudantes.

Conselhos de relacionamento

Michelle e Barack Obama farão 29 anos de casamento em 2021, e já recorreram a terapia para ficar juntos - Reprodução/Instagram/@michelleobama - Reprodução/Instagram/@michelleobama
Michelle e Barack Obama farão 29 anos de casamento em 2021, e já recorreram a terapia para ficar juntos
Imagem: Reprodução/Instagram/@michelleobama

Por diversas vezes, Michelle usou as redes sociais ou eventos em que participou para falar com sinceridade sobre seu casamento, que completa 29 anos em 2021. A ex-primeira-dama distribui conselhos para um relacionamento saudável: "Escolha se casar com alguém que você respeita" e "é importante casar com alguém que quer que você vença".

Embora ela e Barack tenham um relacionamento perfeito aos olhos do público, com trocas constantes de afeto nas redes sociais, Michelle foi sincera ao revelar que eles já buscaram terapia de casal e que, às vezes, tem "vontade de empurrar Barack pela janela".

Inspiração para novas gerações

Michelle e Barack Obama recebem Malala Youszafai na Casa Branca, em 2013 - Pete Souza/AFP - Pete Souza/AFP
Michelle e Barack Obama recebem Malala Youszafai na Casa Branca, em 2013
Imagem: Pete Souza/AFP

Michelle não economiza elogios a ícones de luta por igualdade que vieram depois dela: Malala Youszafai, Greta Thumberg e Meghan Markle foram alguns dos nomes para quem ela direcionou mensagens de inspiração nos últimos anos.

Ela já disse que Malala tem "caráter muito além da idade" e aconselhou Greta: "Não deixe ninguém apagar sua luz". Quando Meghan Markle se tornou duquesa, em 2018, Michelle compartilhou com ela os desafios de ter um casamento aos olhos do público: "Como eu, Meghan provavelmente nunca sonhou que ela teria uma vida assim, e a pressão que você sente — de você mesma e dos outros — muitas vezes parece demais. Meu maior conselho seria relaxar e não se apressar para fazer nada".

Mulheres inspiradoras