PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

'Estou bem cansada, sem dormir direito', diz Laura Keller sobre pós-parto

Atriz falou sobre como é a rotina "louca" no quarto que divide com outras mães; ela deu à luz na última segunda (3) - Reprodução/Instagram
Atriz falou sobre como é a rotina "louca" no quarto que divide com outras mães; ela deu à luz na última segunda (3) Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

06/08/2020 22h17Atualizada em 06/08/2020 22h34

Após dar à luz Jorge Emanuel, Laura Keller fez um desabafo no Instagram sobre as dificuldades da maternidade. A atriz, que passou 20 horas em trabalho de parto, disse estar cansada e sem dormir direito porque compartilha o quarto com outras mães — o que, segundo ela, é uma "loucura".

"Fiquei em quarto coletivo com outras mamães e nenéns. A rotina do quarto é muito louca, porque cada bebê chora em um horário diferente, eles não combinam um horário. Começa um, aí para; começa outro, para... Sempre tem alguém que ronca, fala, conversa... Entra médico, sai médico. Daí quando você vai pegar no sono, entra outro médico. Maternidade real", contou ela nos stories.

Laura está no hospital desde domingo (2), quando entrou em trabalho de parto. Mais cedo, também no Instagram, ela anunciou que teve sua alta adiada porque Jorge está com icterícia, uma coloração amarela da pele e/ou dos olhos causada por aumento na concentração de bilirrubina na corrente sanguínea.

O bebê é seu primeiro filho com o produtor Jorge Sousa.

Um dia após dar à luz, Laura confessou ter cogitado desistir do parto humanizado devido ao tempo e à dor que estava sentindo.

"Não foi nada fácil... Pensei em partir para outro tipo de parto, mas, graças à minha doula, consegui. Ela ficou o tempo todo ao meu lado, me incentivando e apoiando a permanecer no propósito do parto humanizado. Isso fez toda a diferença", lembrou a atriz em entrevista ao Gshow.

Segundo Laura, o parto humanizado foi uma experiência diferente e incrível — apesar de cansativa e dolorosa.

Foi uma opção minha escolher o parto humanizado e foi bem diferente de tudo o que já fiz na minha vida. Me deu uma visão completa e ampla do que é a vida. Foi incrível passar por isso tudo. Mas foi muito demorado, cansativo e doloroso."

Mães e filhos