PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Kamilla e Eliéser, ex-BBBs, sobre 1ª gravidez: 'Engordamos juntos'

Elieser Ambrósio e Kamilla Salgado - Nadielly Santos
Elieser Ambrósio e Kamilla Salgado Imagem: Nadielly Santos

De Universa, em São Paulo

06/05/2020 10h31

Um dos casais mais memoráveis formados no BBB, Kamilla Salgado e Eliéser Ambrósio, que se conheceram na 13ª edição do programa da Globo, estão na expectativa para o nascimento do primeiro filho. Ao GShow, Kamilla exaltou o marido, que é muito participativo.

"O Eli está sendo um parceiro maravilhoso! Ele acordou junto quando estava na fase dos enjoos, faz massagens nas costas, participa nas escolhas das coisinhas do bebê, sempre analisa o que estou comendo, passa repelente o tempo todo, protetor solar", contou.

"Ele está ligado, puxa a responsabilidade das coisas para ele também, e é presente desde que descobrimos a gravidez", continuou. Até quando a mamãe teve os desejos típicos da gestação, o parceiro a acompanhou.

"Desejos eu tive muitos: macarrão, pão, manga, açaí, hambúrguer, arroz carreteiro... E tudo em horas pouco prováveis de achar ou de fazer! Então, papai Eliéser ficou doidão, e já engordou junto", brincou ela.

Mudanças e medos

Kamilla, que é jornalista, disse que descobrir a gravidez "mudou sua vida em todos os sentidos". "Acordo e vou dormir pensando no meu filho. Agora, tudo o que programamos e fazemos, pensamos nele. Tudo na minha rotina já mudou, e não teria como ser diferente", refletiu.

A ex-BBB se diz preparada para a maternidade. "Não fiquei com tanto medo, pois já queria muito isso. Me sentia firme e preparada. Claro que às vezes bate uma insegurança de: 'Será que estou fazendo tudo certo? Será que está faltando algo?'", admitiu.

"Sentimos medo quando começou a estourar o problema da pandemia do novo coronavírus no Brasil, pensando em como tudo isso estará em setembro, quando ele nascer", contou ainda.

Parto

Os planos para o parto são simples: Kamilla adoraria dar à luz o filho de maneira natural, mas tudo vai depender do que for melhor para a saúde dele e dela.

"Sempre preferi o parto normal, humanizado, mas nunca descartei a cesária, pois quem vai mandar será a saúde do meu filho. Minha médica é especialista em parto humanizado, e me passa muita segurança. O parto bom é o parto saudável e seguro para o bebê e para a mamãe", ressaltou.

Mães e filhos