PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Giselle Itié nega ter depressão pós-parto: 'É como me sinto sobre ser mãe'

Giselle Itié amamenta seu filho, Pedro Luna - Reprodução/Instagram
Giselle Itié amamenta seu filho, Pedro Luna Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

14/04/2020 16h39

A atriz Giselle Itié participou de uma live com a amiga Caroline Figueiredo e comentou sobre o cansaço de cuidar de um bebê recém-nascido. Ela, que deu à luz o primeiro filho, Pedro Luna, no começo de março, reclamou de alguns comentários que tem recebido nas redes sociais.

"Quando estou falando ou se escrevo um texto começo a receber comentários do tipo: 'Nossa, Giselle, você está depressiva, precisa procurar um médico'. Não, nada contra se estivesse depressiva ou alguma coisa assim. Acontece. Mas é um ponto muito delicado você ouvir uma mãe falando do que ela sente sobre maternidade e já vir com dedos julgadores: 'Você está depressiva'. Não. Ficar sem dormir é enlouquecedor".

Durante a conversa, ela também falou sobre o parto, que foi natural. "Senti muita dor. Já estava com 9,5 cm de dilatação, mas não sabia disso. Lembro de dizer para a minha mãe: 'Fala para a parteira que não vou esperar as contrações. Para mim, chega. Não nasci para isso'. Porque eu já estava em contração, mas não sabia. Quando a parteira chegou e falou: 'Você está com 9,5', aí eu disse: 'Então, tá, daqui não passo'".

Giselle relembrou ainda as dificuldades na rotina. "Teve uma vez que não tomei café, fui almoçar só às 16h. Estava sozinha, minha mãe não estava aqui. Foi muito difícil".

Mães e filhos