Topo

Homem é preso por jogar feijão quente na mulher e no filho de 2 meses

O homem foi preso após jogar panela com feijão quente na mulher e no filho - Divulgação/Polícia Civil do Amazonas
O homem foi preso após jogar panela com feijão quente na mulher e no filho Imagem: Divulgação/Polícia Civil do Amazonas

Bruna Chagas

Colaboração para Universa, em Manaus

31/10/2019 18h25

Um homem de 30 anos foi preso sob suspeita de ter jogado uma panela elétrica com feijão quente na mulher, de 22 anos. Ela estava com o filho deles de 2 meses no colo. O crime ocorreu ontem, por volta das 16h30, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher, Débora Mafra, o homem assumiu o crime assim que foi preso, por volta das 18h de ontem, mas disse que foi a única vez que agrediu a mulher. Ainda segundo ela, a mulher e a criança receberam atendimento médico no momento em que os vizinhos denunciaram e acionaram a polícia.

A mulher teve queimaduras no pescoço e nos braços e o bebê teve queimaduras no tórax, nas pernas e nos braços. "Apesar dessas queimaduras, a mãe e o bebê passam bem e já estão em casa", disse Débora.

Discussões eram constantes

Em coletiva de imprensa, no fim da manhã de hoje, o homem contou que jogou o objeto em um momento de raiva. "Eu nunca bati na minha mulher. A gente sempre discutiu, mas eu perdi a cabeça e peguei a primeira coisa que vi e joguei nela sem pensar. Estou muito arrependido."

A vítima confirmou à delegada que nunca havia acontecido uma agressão física, apesar de as brigas serem constantes. "Ela contou em depoimento que estava com o bebê no colo quando eles começaram a discutir, como de costume, e ele jogou a panela com feijão quente."

O homem foi autuado em flagrante por lesão corporal grave.

Violência contra a mulher