Topo

Famosas provaram que a idade é só um número e combateram o machismo em 2018

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Gustavo Frank

Da Universa

02/01/2019 04h00

Envelhecer sempre foi visto como um tabu para muitas mulheres, mas graças ao feminismo, muita gente deixou esse preconceito no passado. Para reforçar o coro em prol da autoestima, muitas famosas vêm se posicionando sobre o assunto de forma positiva.

Por meio de suas redes sociais e entrevistas, estas celebridades provaram em 2018 que a idade é só um número e que elas ficaram ainda melhores com o tempo: 

Madonna

Como já é de praxe, a Rainha do Pop mostrou que o tempo está longe de ser um problema para ela. Aos 60 anos, a cantora é um exemplo sobre o poder da mulher em conciliar a carreira e a família.

Vivendo em Portugal com seus seis filhos, Madonna prepara seu próximo álbum, previsto para ser lançado em 2019, e usou sua voz para celebrar autoestima e quebrar todo o tabu da idade imposto às mulheres -- tanto por meio de suas fotos exibindo a "beleza natural" quanto dos discursos inspiradores.

Eu disse à imprensa que 'não tive vergonha' e isso se tornou manchete

"O patriarcado tentou me envergonhar por estar nua. Eu disse à imprensa que 'eu não tive vergonha' e isso se tornou manchete (...) Você não pode parar a arte tentando envergonhá-la. A criação sempre vence", declarou ela, em uma das publicações em que aparece nua.

Jennifer Lopez

Aos 49 anos, a cantora é um exemplo sobre como o amor-próprio é o melhor aliado do tempo.

Em suas aparições públicas e por meio de suas redes sociais, J.Lo não só impôs a sua autoestima como mulher prestes a chegar aos 50 anos como também representou todas as que têm curvas e lutam contra o padrão de beleza da magreza.

Desde seus cliques sem maquiagem até seus truques de moda, como a "calcinha de alfaiataria" à mostra, em entrevista à "People", J.Lo contou qual é o seu segredo de estar bem consigo mesma com o passar do tempo.

"Eu vou para a área externa da minha casa e abro meus braços para o universo, para o céu, para Deus. Estou apenas tentando cuidar de mim, acho que estou aguentando firme", afirmou.

Julianne Moore

Um dos nomes mais respeitados e aclamados de Hollywood, Julianne Moore questionou em entrevistas a curiosidade das pessoas sobre o envelhecimento das mulheres -- algo que dificilmente (ou quase nunca) é feito quando os homens estão protagonizando a cena.

Aos 57 anos, a atriz reforçou como isso é consequência do machismo enfrentado por ela e suas colegas até hoje, citando ainda a escassez de papéis no cinema para mulheres mais velhas.

"Todos estão envelhecendo, inclusive as crianças. A vida é assim, precisamos aceitar que ela tem começo, meio e fim. É importante se lembrar desse tempo para que estejamos preparados para encará-lo. "

Não é sobre permanecer jovem. É sobre estar viva

"Precisamos olhar mulheres com 50 ou 60 anos com outros olhos. Vamos dar permissão para que elas sejam sexuais. Não é sobre permanecer jovem. É sobre estar viva. Temos um tempo limitado aqui, então vamos aproveitar enquanto podemos. "

Jane Fonda

A atriz, de 81 anos, foi um dos principais nomes da militância feminista em 2018, como com o movimento #MeToo, e abriu o jogo sobre a sexualidade e a autoestima das mulheres -- não importa a idade que tenham.

Em um trecho de seu documentário, Jane falou sobre ter cedido aos padrões impostos às mulheres e como se arrependeu de ter feito cirurgias plásticas para parecer mais nova.

"Estou satisfeita por estar bem para a minha idade, mas fiz cirurgias plásticas. Não vou mentir a respeito disso. Eu fiquei cansada de parecer cansada quando não estava. Mas, em algum nível, odeio o fato de que tive que alterar quem eu sou fisicamente para me sentir bem. Gostaria que eu não fosse assim. Amo rostos mais velhos. Adoro rostos de quem viveu", disse.

E idade tem menos a ver com o tempo do que com a atitude

"Eu gostaria de ter sido mais corajosa. Mas eu sou quem eu sou. E idade tem menos a ver com o tempo do que com a atitude."

Susana Vieira

Aos 76 anos de idade, a atriz nunca teve problemas em falar -- e esbanjar -- autoestima e inspirou diversas mulheres com sua força, principalmente após ser diagnosticada com leucemia.

Em entrevista ao "Fantástico", Susana revelou como o amor-próprio foi um dos principais aliados em sua batalha contra a doença -- mesmo que esse estivesse abalado.

"Fiquei no CTI quase dez dias. Tiveram que trocar minha fralda, porque eu não podia levantar. Quando eu me vi, tão exibida, vaidosa, dona de mim, tão senhora do destino, bailarina do Teatro Municipal, a Susana Vieira, com uma enfermeira tendo que trocar minha fralda, porque não podia me levantar, foi muito pesado. Aí bateu, aí que você vê que está doente", disse.

Claudia Raia

Mãe de dois, a atriz, de 52 anos, provou que idade não é -- nem deve ser -- um problema para as mulheres.

Claudia se casou pela terceira vez, com Jarbas Homem de Mello, levantou a hipótese de ser mãe novamente e mostrou que a idade só fez bem para ela em seus cliques de biquíni, maiô e lingerie.

Até porque não existe idade para isso, né?

Glória Maria

Dona dos memes na internet, a apresentadora sempre despertou a curiosidade dos telespectadores sobre a sua idade. Mas a questão é: por que isso é importante?

Com 160 países em seu currículo de viagens, Glória, 69, está sempre aberta a explorar tudo o que a vida pode oferecer, inclusive se aventurar com sua sexualidade, como quando foi questionada por Matheus Mazzafera se já tinha beijado uma mulher.

"Não sou santinha. Nunca rolou. Ainda tá em tempo, né? Claro!", declarou ela, que afirmou também não ter feito cirurgias plásticas. "Nunca fiz, essa eu sou poderosa".

Fátima Bernardes

Aos 56 anos, a apresentadora protagonizou uma transformação em sua vida nos últimos anos.

Em 2011, Fátima deixou a bancada do "Jornal Nacional" para trás, assumiu uma nova carreira -- de muito sucesso -- no entretenimento e provou que não há idade para encontrar novos rumos para sua vida, fosse ela profissional, familiar ou amorosa.

Um sorriso combate a lei da gravidade

"O que enxergam em mim é um entusiasmo ainda muito associado à juventude. Você não precisa ter rótulos -- nem aos 30, nem aos 50. Acho ótimo que vejam em mim uma possibilidade. Não é uma questão física, é o seu momento. Se você está feliz, se você irradia verdade! Poxa, um sorriso combate a lei da gravidade", disse ela, em entrevista à "Boa Forma".

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado em versão anterior desta matéria, Claudia Raia tem 52 anos, e não 51. Ela também se casou pela terceira vez em 2018, e não pela segunda. As informações já foram corrigidas.

Mais Autoestima