PUBLICIDADE
Topo

Pré-venda da linha iPhone 13 no Brasil vai começar no dia 15 de outubro

iPhone 13 e iPhone 13 mini em cinco cores - Divulgação/ Apple
iPhone 13 e iPhone 13 mini em cinco cores Imagem: Divulgação/ Apple

Bruna Souza Cruz*

De Tilt, em São Paulo

08/10/2021 12h06Atualizada em 08/10/2021 12h24

A pré-venda da nova linha de telefones celulares da Apple começará na próxima sexta-feira (15). Os preços do iPhone 13 mini, iPhone 13, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max começam em R$ 6.599 e podem chegar a R$ 15.499.

A data foi confirmada pela Apple após alguns parceiros — como o banco Itaú — terem divulgado informações de que os novos iPhones poderão ser reservados já na próxima semana. A previsão é que a venda oficial comece no dia 22 de outubro.

Os modelos 13 mini e 13 serão vendidos nas cores vermelho, estelar (branco), meia-noite (preto), azul e rosa. A linha 13 Pro está disponível em grafite, dourado, prateado e azul-Sierra. Confira todos os preços:

iPhone 13 mini (5,4 polegadas)

  • 128 GB: R$ 6.599 (R$ 5.939,10 à vista)
  • 256 GB: R$ 7.599 (R$ 6.839,10 à vista)
  • 512 GB: R$ 9.599 (R$ 8.639,10 à vista

iPhone 13 (6,1 polegadas)

  • 128 GB: R$ 7.599 (R$ 6.839,10 à vista)
  • 256 GB: R$ 8.599 (R$ 7.739,10 à vista)
  • 512 GB: R$ 10.599 (R$ 9.539,10 à vista)

iPhone 13 Pro (6,1 polegadas)

  • 128 GB: R$ 9.499 (R$ 8.549,10 à vista)
  • 256 GB: R$ 10.499 (R$ 9.449,10 à vista)
  • 512 GB: R$ 12.499 (R$ 11.249,10 à vista)
  • 1 TB: R$ 15.499 (R$ 13.049,10 à vista)

iPhone 13 Pro Max (6,7 polegadas)

  • 128 GB: R$ 10.499 (R$ 9.449,10 à vista)
  • 256 GB: R$ 11.499 (R$ 10.349,10 à vista)
  • 512 GB: R$ 13.499 (R$ 12.149,10 à vista)
  • 1 TB: R$ 15.499 (R$ 13.949,10 à vista)

O que os celulares têm de novidade

Os lançamentos possuem tela mais resistente e proteção contra água, entalhe 20% menor na parte da frente e possibilidade de gravar vídeos com desfoque de fundo (tecnologia que a empresa chamou de modo cinematográfico).

Os novos celulares da Apple têm um design muito parecido, com pequenas diferenças no material utilizado para construção dos aparelhos.

Enquanto a parte de trás do iPhone 13 mini e do iPhone 13 é feita de vidro com alumínio, os irmãos Pro e Pro Max possuem vidro texturizado e uma estrutura de aço inoxidável, que os tornam mais elegantes.

Todos eles possuem a tela Ceramic Shield na parte da frente, que conta com proteção Gorilla Glass contra arranhões, poeira e água.

O mais levinho de todos, como era de se esperar pelo tamanho do visor, é o iPhone 13 mini, que pesa apenas 140 gramas. O iPhone 13 Pro Max é o mais pesado, com 238 gramas.

A linha toda da Apple tem a mesma espessura (7,65 mm), sendo ligeiramente mais grossos que os iPhones da linha 12, que tinham 7,4 mm.

iPhone 13 Pro e 13 Pro Max serão vendidos em quatro cores - Reprodução - Reprodução
iPhone 13 Pro e 13 Pro Max serão vendidos em quatro cores
Imagem: Reprodução
O tamanho de tela dos lançamentos seguem o padrão da geração de 2020:
  • iPhone 13 mini: 5,4 polegadas (13,7 cm), 60 Hz
  • iPhone 13: 6,1 polegadas (15,5 cm), 60 Hz
  • iPhone 13 Pro: 6,1 polegadas (15,5 cm), 120 Hz
  • iPhone 13 Pro Max: 6,7 polegadas (17 cm), 120 Hz

A tela de todos iPhones da linha 13 são de Oled, que conta com diodos orgânicos que emitem luz. Em comparação aos modelos de LCD, a tecnologia Oled possui altos níveis de contrastes, cores mais realistas e ajuda na economia de bateria. Por isso, tornou-se padrão nos modelos top de linha.

A diferença mesmo está entre os modelos 13 Pro e 13 Pro Max, que pela primeira vez trazem uma taxa de atualização de tela de 120 Hz. Esse valor deixa as animações mais suaves ao olhar e é muito procurado por quem gosta de jogar em smartphones, já que a resposta ao toque também é mais rápida — quanto maior esse índice, melhor.

Porém, como o recurso pode consumir muita bateria, a Apple também inseriu a tecnologia Pro Motion nos aparelhos —usada desde 2017 nos iPads Pro. Essa função ajusta automaticamente a taxa de atualização do visor conforme a necessidade e o conteúdo apresentado, impedindo o gasto desnecessário de energia.

Câmeras

Tanto o iPhone 13 mini quanto o iPhone 13 possuem duas câmeras traseiras idênticas, com 12 MP de resolução, f/1.6 de abertura na lente principal e f/2.4 na lente ultra-angular. Esses números indicam quanta luz é captada pelo aparelho na hora de tirar uma foto. Em resumo, quanto menor o número, melhor.

Nos modelos 13 Pro e 13 Pro Max, a abertura das lentes principal (f/1.5) e ultra-angular (f/1.8) é um pouco melhor. O que significa que mais luz entra na câmera e as fotos em ambientes pouco iluminados ficam mais claras e visíveis.

Além disso, há uma terceira lente, a teleobjetiva, com zoom óptico de 3x e f/2.8 de abertura.

  • iPhone 13 mini: câmera dupla (principal e ultra-angular) e frontal, todas com 12 MP
  • iPhone 13: câmera dupla (principal e ultra-angular) e frontal, todas com 12 MP
  • iPhone 13 Pro: câmera tripla (principal, teleobjetiva e ultra-angular) e frontal, todas com 12 MP
  • iPhone 13 Pro Max: câmera tripla (principal, teleobjetiva e ultra-angular) e frontal, todas com 12 MP

Outras vantagens da linha Pro são o scanner LiDAR, que é capaz de detectar e medir distância de objetos em um ambiente através de emissão de ondas infravermelhas, e também o Modo Cinema para gravação de vídeos com profundidade de campo. A funcionalidade permite desfoque de fundo em vídeos, assim como o Modo Retrato faz com as fotos.

Processador e bateria

O processador, batizado A15 Bionic, promete ser 50% mais rápido que o concorrente mais veloz, segundo a Apple. Os dois têm suporte à internet 5G e aos acessórios MagSafe com ímãs da empresa.

Em termos de bateria, a Apple diz apenas que o iPhone 13 dura cerca de 2 horas mais do que o iPhone 12. Já o iPhone 13 mini dura 1 hora e mais a mais do que o 12 mini.

*Com matéria de Vinicius Oliveira