PUBLICIDADE
Topo

Call center no WhatsApp e filtros no Insta: veja os lançamentos do Facebook

Mark Zuckerberg na apresentação do F8 Refresh - Reprodução
Mark Zuckerberg na apresentação do F8 Refresh Imagem: Reprodução

Lucas Carvalho

De Tilt, em São Paulo

02/06/2021 14h18

O Facebook anunciou hoje uma série de novidades para desenvolvedores que trabalham direta ou indiretamente com vendas pelos seus aplicativos, incluindo Messenger, WhatsApp e Instagram. As mudanças foram anunciadas no F8 Refresh, um evento 100% online destinado a programadores que trabalham com as redes sociais do Facebook.

Entre as novidades, a gigante anunciou ferramentas para facilitar a comunicação de empresas com clientes pelo WhatsApp Business, mais integração entre o Instagram e o Facebook Messenger e novas ferramentas para quem quiser criar filtros para stories.

O F8 é o principal evento do Facebook no ano. A última edição foi em 2019 —em 2020, a empresa cancelou a conferência por conta da pandemia de covid-19. Neste ano, ela voltou em uma versão totalmente online, mais enxuta, focada em empresas em vez de usuários comuns.

Mark Zuckerberg, fundador e presidente do Facebook, participou do discurso de abertura com um breve comentário. A empresa havia dito que Zuckerberg não participaria do evento, mas parece ter mudado de ideia. Ele não apresentou todas as novidades, porém: a missão, desta vez, ficou nas mãos de Konstantinos Papamiltiadis, vice-presidente de parceria de plataformas.

"Este ano, após uma breve pausa na programação em 2020, estamos trazendo o F8 de volta às suas origens como uma verdadeira conferência para desenvolvedores", afirmou Zuckerberg.

Confira a seguir tudo que o Facebook anunciou para empresas hoje.

WhatsApp Business: novas opções para call center

Nova API do WhatsApp Business - Facebook - Facebook
Nova API do WhatsApp Business
Imagem: Facebook

O carro-chefe da apresentação de hoje foi o WhatsApp Business, a versão para empresas do app de mensagens. As novidades têm a ver com a API do programa: um conjunto de códigos que desenvolvedores podem usar para adaptá-lo ao sistema de atendimento ao cliente de qualquer empresa que queira se comunicar pelo app.

O onboarding, processo de cadastrar novas empresas autorizadas a mexer na API do WhatsApp Business, foi encurtado. O que antes levava semanas, agora demora "minutos", segundo o Facebook.

Além disso, empresas agora podem programar outros tipos de mensagens automáticas —como para informar os clientes quando um produto que estava em falta está disponível novamente, ou para disparar outros tipos de avisos periódicos, por exemplo.

Para evitar spam ou excesso de telemarketing, o Facebook deixa claro que empresas só podem mandar mensagens pelo WhatsApp Business para um cliente que já puxou assunto com ela antes.

Para finalizar, alguns recursos que empresas já usavam agora fazem parte da API básica do WhatsApp Business, como a lista de respostas: em vez de pedir que o cliente digite por completo o que ele quer, lojas poderão só oferecer um menu com várias opções (por exemplo: "digite 1 para falar sobre reembolsos", "digite 2 para outros assuntos" etc.).

Facebook: mais conexão com lojas

Conexão de Login com o Messenger pelo Facebook - Facebook - Facebook
Conexão de Login com o Messenger
Imagem: Facebook

Sabe quando você baixa um aplicativo ou entra em uma loja online e, para fazer seu cadastro, a página pede que você informe um email ou conecte a sua conta do Facebook? Essa função, chamada de "Facebook Login", vai ficar ainda mais rebuscada.

Agora, ao fazer seu cadastro através do Facebook, você pode autorizar que a empresa entre em contato com você pelo Messenger ali mesmo, sem sair da tela de login. Por enquanto, o recurso está em fase de testes, mas estará disponível para todos nos próximos meses.

Além disso, o Facebook também lançou uma API para pesquisadores: uma porção de códigos que ajudará cientistas a agrupar dados de posts, mensagens, grupos, eventos e páginas de forma anônima e privada.

Instagram: API do Messenger e novo estúdio de filtros

Spark AR, estúdio de filtros do Facebook e do Instagram, agora permite criar efeitos em grupo - Facebook - Facebook
Spark AR, estúdio de filtros do Facebook e do Instagram, agora permite criar efeitos em grupo
Imagem: Facebook

Também sobrou tempo para o Facebook revelar novidades envolvendo o Instagram. Para começar, a rede social anunciou que aquela polêmica integração entre o Messenger e as DMs do Instagram agora vale também para empresas. A loja que quiser responder usuários do Instagram pelo Messenger já pode.

O outro anúncio tem a ver com o Spark AR, o estúdio de criação de efeitos e filtros dos stories do Instagram. Agora, é possível colocar na plataforma efeitos que acompanhem o movimento do corpo, não só do rosto, e que funcionem em vídeo-chamadas em grupo.

"Por exemplo, os efeitos podem ser projetados para fornecer uma sensação compartilhada de espaço, como um ponto de encontro no espaço ou ao redor de uma fogueira", explicou o Facebook. As inscrições para quem quiser submeter seus projetos ao estúdio já estão abertas.

A promessa do Facebook é de que essas tecnologias de realidade aumentada sejam usadas no futuro par de óculos inteligentes que a empresa vem desenvolvendo. Mas, ainda segundo a rede social, esses óculos ainda estão "a alguns anos de distância" de se tornarem realidade.