PUBLICIDADE
Topo

Mudança vindo por aí! Veja 4 novidades do WhatsApp que estão em testes

Getty Images
Imagem: Getty Images

Bruna Souza Cruz

De Tilt, em São Paulo

13/03/2021 16h00Atualizada em 15/03/2021 12h46

O WhatsApp ganhou nos últimos meses uma série de novas funções. A mais recente fez sucesso com a liberação de chamadas de voz e vídeo através do computador. Paralelamente, a empresa continua investindo em testes para tornar a plataforma atrativa. E a boa notícia é que alguns deles vazaram.

Entre os mais recentes, estão a mudança na velocidade de reprodução de mensagens de áudio e a função de imagens que se autodestroem após serem vistas.

É bom lembrar que as informações a seguir não são oficiais do WhatsApp, mas os recursos abaixo possuem grandes chances de se tornarem realidade.

Confira a seguir uma lista preparada por Tilt:

Áudios acelerados

Se você é alguém que odeia receber áudios longos, uma possível mudança no aplicativo vai aquecer o seu coração. O WhatsApp estaria trabalhando em oferecer um recurso de configurar a velocidade de reprodução dos sons. Fala se não seria uma economia de tempo na hora de ouvir os "podcasts" enviados pelos amigos?

As informações são do WABetaInfo, que costuma antecipar novidades do serviço de mensagens e acertar rumores.

"O WhatsApp está finalmente testando uma opção para alterar a velocidade de reprodução de mensagens de voz. Este recurso está em desenvolvimento e estará disponível em uma atualização futura para iOS e Android. As capturas de tela serão publicadas aqui em @WABetaInfo quando disponível em uma versão beta futura", compartilhou o perfil.

Reels no WatsApp

Uma futura atualização do aplicativo pode ganhar integração com o Reels, função do Instagram que permite a criação e publicação de vídeos curtos, no estilo TikTok. A informação foi divulgada na quinta-feira (11) no Twitter pelo mesmo perfil.

As pessoas que utilizam o WhatsApp poderiam assistir aos vídeos dentro do aplicativo, sem precisar abrir um link externo.

Imagens que desaparecem

Após o lançamento do recurso de mensagens temporárias no ano passado, a função deve ser ampliada para o envio e recebimento de imagens, que vão desaparecer após um período de tempo predefinido.

Essa mudança já havia entrado em testes em setembro de 2020, mas novos detalhes foram descobertos no início de março pelo WaBetaInfo.

Ao que tudo indica, será possível acionar a função de "fotos autodestrutivas" por meio de um pequeno botão no lado esquerdo da barra onde se digita a legenda para a foto.

Ao tocar no botão, o usuário receberia a mensagem de que a mídia irá desaparecer — também para o receptor — assim que ele deixar o chat.

Backup de conversas com senha

Todas as conversas no WhatsApp são protegidas por criptografia de ponta a ponta. No entanto, quando se faz um backup na nuvem das informações armazenadas no aplicativo (no Google Drive, para quem usa Android, e no iCloud, para donos de dispositivos Apple), o arquivo não recebe essa camada extra de proteção.

Para resolver a questão, a empresa planeja adicionar um recurso de segurança por senha. Somente usando o código, seria possível acessar os dados de restauração do backup realizado. Os testes já vêm desde o ano passado, mas novos detalhes foram divulgados nesta semana.

"Conforme anunciado anteriormente, WhatsApp está trabalhando na criptografia de backups em nuvem. O banco de dados e a mídia do chat estarão protegidos contra acesso não autorizado ao usar uma senha. A senha é privada e não é enviada para o WhatsApp. Ele estará disponível em uma arquitetura futura para iOS e Android", descreveu o WabetaInfo.