Topo

Guia


"Fire Emblem: Three Houses" - Guia completo, do básico ao avançado

Na batalha ou na "sala de aula": em Fire Emblem você precisa planejar seu tempo e suas atividades direito - Reprodução
Na batalha ou na "sala de aula": em Fire Emblem você precisa planejar seu tempo e suas atividades direito Imagem: Reprodução

Daniel Esdras

Do GameHall

31/07/2019 04h00

Se você leu nosso "Dossiê Fire Emblem" já sabe que "Three Houses", novo lançamento para Nintendo Switch, traz diversos sistemas de batalha complexos. Além disso, é preciso levar a sério a vida de professor para garantir que seus alunos evoluam bem e te ajudem no campo de batalha.

Com tantas camadas de gameplay, é normal ficar bem confuso no início, especialmente se você não domina o inglês, já que o jogo não conta com legendas em ptBR. Para te ajudar a sair dessa e dominar as batalhas, separamos dicas e segredos essenciais. Também explicamos como o jogo funciona em cada uma das suas partes, seja no monastério ou no campo de batalha.

Passagem do tempo

Reprodução
Imagem: Reprodução

Cada capítulo do jogo se passa em um mês, geralmente com três aulas e três fins de semana, o quarto sendo a missão principal. Planeje bem o que vai fazer em cada fim de semana para não chegar na missão final sem ter conseguido fazer as coisas mais importantes.

Em algumas datas do mês existem eventos especiais dos quais você deve sempre participar para melhorar sua interação com os alunos.

Aulas, como lecionar?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Toda segunda-feira é dia de aula. Nessa data é possível orientar os estudos dos alunos, focando no que eles mais precisam para evoluir com a perícia em alguma arma ou comportamento, como a autoridade.

A primeira coisa para levar em consideração é a motivação do aluno. Você terá um número limitado de orientações por semana, portanto o ideal é escolher os alunos mais motivados. O ícone que parece um emoticon demonstra o quão motivado o aluno está. Quanto mais motivado ele estiver, mais orientações você poderá dar sem gastar um ponto de tempo.

Quanto mais nível de professor você conseguir, mais pontos de tempo terá, e mais alunos poderá orientar.

É possível também escolher dois alunos para executar uma tarefa em conjunto, como limpar o pasto, patrulhar os céus com um pégaso ou arar o campo. Essas atividades melhoram os atributos dos dois alunos e melhoram sua afinidade.

No final da aula, alunos vão te fazer perguntas. Se você responder bem, o aluno poderá melhorar o seu nível de motivação.

Domingo é o dia mais importante

Reprodução
Imagem: Reprodução

Todo domingo do mês pode ser utilizado para uma atividade extra. Você poderá explorar o monastério e conversar com os alunos e professores, participando de diversas atividades. Poderá ir para o campo de batalha para completar missões secundárias ou treinar. Poderá criar seminários com outros professores para melhorar atributos específicos para os seus alunos. Também poderá dar o fim de semana de descanso para que todos melhorem a motivação, além de fazer exames de certificação, que muda a classe dos seus personagens e compra itens no mercado.

Escolha com antecedência o que fazer e trace um plano. É importante explorar o Monastério pelo menos uma vez por mês. Assim como separar um dos domingos para treinar e completar missões secundárias no campo de batalha. O outro domingo pode ser dia de repetir um dos anteriores, ficar de descanso ou seminário.

Recrutando novos guerreiros

Reprodução
Imagem: Reprodução

É possível recrutar quase todos os personagens que fazem parte do monastério. Ao conversar com eles enquanto explora o monastério, a opção "Recruit" aparecerá. A princípio ninguém vai querer migrar para a sua turma, mas é possível ver quais as exigências do aluno ou mesmo professor.

Você terá de melhorar seus atributos e nível para conseguir os melhores guerreiros para a sua classe.

Interaja com as partículas azuis

Reprodução
Imagem: Reprodução

As partículas azuis são referentes aos tesouros escondidos no monastério. A cada mês, novas surgirão para serem coletadas.

Os itens que podem ser conseguidos com elas são diversos, como presentes para dar para alunos, itens que eles perderam e podem ser devolvidos em troca de afeição e motivação, livros que podem ser lidos para aumentar bastante a experiência para o nível de professor e diversos ingredientes e iscas. Sempre que achar um desses, colete.

Como jardinar? Para que serve?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Durante sua visita livre no monastério, é possível participar de diversas atividades, e uma delas é a jardinagem. Tanto ela quanto pescar não consomem unidades de tempo, portanto podem ser feitas mesmo que você tenha zerado o número de atividades para a semana.

Aqui é possível plantar as sementes que você coleta durante o jogo. Cada semente demora uma semana do jogo para brotar e poder ser colhida. É possível utilizar técnicas que aumentam a colheita no menu "Cultivate", e para cada técnica é preciso gastar uma quantidade de ouro.

Quanto mais nível de professor você tiver, mais opções no "Cultivate" vão aparecer, e mais sementes será possível plantar por vez.

A colheita rende flores que podem ser usadas como presente, ingredientes para cozinhar e ervas especiais que aumentam seus atributos por tempo indeterminado.

Torneios novos todo mês

Reprodução
Imagem: Reprodução

Após liberar a ala de treinamento, será possível participar de torneios individuais. Todo mês traz um novo torneio, que tem regras únicas, como uso de espadas ou machados, e garantem novos prêmios.

Você pode inscrever um dos seus alunos para participar. A cada novo round ele enfrentará um adversário de outras classes ou um inimigo de um grupo que está ali somente para o torneio em questão. Você poderá recuperar a vida do seu aluno apenas duas vezes por torneio, portanto use com cuidado.

Cozinhar melhora atributos

Reprodução
Imagem: Reprodução

Cozinhar é uma tarefa que consome um ponto de tempo durante a exploração do monastério, mas deve ser feita todo início de mês. É possível escolher um aluno para participar da tarefa, o que vai aumentar sua motivação caso ele goste de cozinhar.

Após escolher o aluno, você deverá escolher o prato a ser cozinhado, garantindo algum bônus de atributo para todos os seus alunos durante o restante do mês. Cozinhe sempre.

Como pescar e para que serve?

Reprodução
Imagem: Reprodução

A pesca é uma das atividades iniciais do jogo e pode ser feita sempre que você visitar o monastério, sem consumir pontos de tempo.

Para pescar é preciso falar com o NPC que fica na frente da cabana próxima ao lago e ter alguma isca no inventário. O resto é bem intuitivo e nada complicado. Cada sucesso na pescaria garante um peixe que pode ser utilizado na cozinha.

Coral e Jantar

Reprodução
Imagem: Reprodução

Outras duas atividades do monastério são o coral e o jantar. São atividades que servem para aumentar sua ligação com os alunos e aumentar a sua motivação para as aulas. Eles custam um ponto de tempo, portanto use com cuidado. Escolha sempre os alunos que têm mais interesse nesse tipo de atividade e os pratos que mais os agradam.

Como melhorar as perícias do seu personagem?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Os seus alunos podem ser lecionados em sala de aula e aprendem mais sobre suas principais aptidões com armas a cada nova semana. Isso não acontece com o seu personagem principal, que também precisa melhorar esses atributos para ganhar novas classes.

Para melhorar sua aptidão com armas e magias, é preciso pegar uma lição com outros professores e pessoas influentes do monastério. Isso só pode ser feito durante a exploração livre do monastério. Cada professor pode te ensinar uma vez por semana e esse processo consome uma unidade do contador de atividades.

Batalhas semanais

Reprodução
Imagem: Reprodução

Além das batalhas de missão, existem também as opcionais, que podem servir como treinamento ou para completar missões. Essa é uma das opções para serem feitas no fim de semana.

Existe um número de batalhas que podem ser feitas por fim de semana, semelhante ao contador de tempo do monastério. Quanto mais você melhorar o seu nível de professor, mais batalhas poderá fazer.

Algumas batalhas não consomem tempo e podem ser feitas infinitamente para treinar os seus alunos mais fracos. A quantidade de tempo que a batalha toma fica visível através de um ícone com uma espada logo na frente do nome.

Em algumas semanas podem aparecer batalhas especiais que só podem ser feitas naquele dia, com inimigos e recompensas raras. Outras batalhas também têm tempo para serem executadas. Fique atento ao nível recomendado.

Para que servem os chás?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Um dos itens que você acumulará durante a jornada são ervas de chá, que servem para passar um tempo com outros integrantes do monastério. Você pode tanto convidar alguém diretamente para um encontro, quanto fazer isso no dia do aniversário das pessoas.

Durante o chá você poderá abordar três assuntos para puxar conversa. Se seu convidado gostar do assunto, o chá continua, caso ele ache o papo chato por duas vezes, o chá acaba. Se você conseguir levar o evento até o final, a sua ligação com esse personagem aumentará bastante.

Como melhorar a interação entre alunos?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Alunos também têm nível de interação entre si. Quando batalham juntos e executam atividades semanais em conjunto, eles ganham ligações entre si, que melhoram suas interações no campo de batalha.

As atividades conjuntas durante as classes são um dos meios eficientes de melhorar a interação entre dois alunos específicos. Escolha quem quer melhorar e coloque-os para fazer uma tarefa em equipe.

Após dois alunos atingirem um novo nível de interação, uma cutscene entre eles será desbloqueada e poderá ser acessada pelo seu menu. Só depois de ver essa cutscene é que o nível deles vai, de fato, evoluir. Nessa aba do menu também é possível ver se o nível de interação entre esses alunos já chegou ao máximo.

Como matar Monstros?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Diferente dos inimigos normais, os monstros possuem escudos. Você pode ver os escudos pelos quadrados amarelos em volta do inimigo. Ao bater nos escudos eles podem trincar e então quebrar. Quando não há o escudo, o monstro toma mais dano naquela região.

Os monstros também possuem mais de uma vida, que você pode contar pelo número de cristais ao lado da barra que fica embaixo dele.

Gambits chamam a atenção do monstro, evitando que ele ataque em área na direção marcada. Use essa tática para salvar aliados. Cavaleiros podem usar o gambit e então sair, pois se movimentam após atacar.

O que é Divine Pulse?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Ao pressionar LZ, é possível ativar o Divine Pulse. Esse é o principal meio de corrigir um movimento errado durante a batalha, pois ele serve para voltar no tempo e retornar para algum turno passado.

Se um personagem morrer, ou algum objetivo falhar, volte até o turno desejado para conseguir corrigir a situação. Só tome cuidado com o número de usos, que é limitado. Você pode conseguir mais pulsos ao melhorar as estátuas na catedral do monastério.

Como mudar de classe?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Tanto você quanto seus alunos podem fazer exames para subir de classe. Para isso é preciso atingir os pré-requisitos tanto da classe desejada quanto do nível de classe.

Existem quatro níveis de classe: "Beginner", que exige nível 5 dos personagens, "Intermediate", que exige nível 10, "Advanced", nível 20, e "Master", que exige nível 30 dos personagens.

Além de atender a esses requisitos de nível, é preciso ter uma entrada para o teste, que pode ser comprada no mercado. Cada nível de classe tem o seu preço.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Depois de atingir o nível e comprar a entrada para o teste, é preciso passar nele, e nesse momento entram as aulas que os alunos pegaram com você. Cada classe exige uma perícia diferente. Cavaleiros vão precisar de perícia em lança e montaria, por exemplo.

O segredo é escolher a classe final do seu aluno e já focar nos requisitos desde cedo, para não precisar mudar tudo no final e perder tempo.

Dominar o campo é o segredo

Reprodução
Imagem: Reprodução

Cada mapa tem seu território dividido em diversos terrenos, como florestas, altares, campos abertos e até montanhas. Cada terreno desses tem suas vantagens e desvantagens, por isso é importante ver o que eles fazem antes de confirmar a movimentação dos seus personagens.

Um guerreiro na floresta por exemplo, terá um bônus absurdo na evasão. Usar isso com inteligência é a chave para a vitória. Se estiver cercado de inimigos, coloque seu grupo em uma floresta e defenda os mais fracos no centro. Deixe o inimigo tomar a iniciativa e errar todos os ataques enquanto você contra-ataca para a vitória.

Salve Sempre

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nunca se sabe quando um companheiro vai morrer em batalha por uma decisão ruim. Se os usos de Divine Pulse tiverem se esgotado, é morte definitiva do seu personagem, a não ser que você esteja no modo casual.

Por isso, sempre salve antes da batalha. Não custa nada e permite que você jogue novamente a batalha se algum desastre acontecer.

Peso faz diferença

Reprodução
Imagem: Reprodução

Muitas vezes você ficará atento ao dano e velocidade do personagem, mas vai esquecer de um dos atributos mais importantes, o peso. É esse medidor, em conjunto com a sua classe e arma, que vai indicar quantas vezes o seu personagem vai atacar em um turno.

A conta é feita levando em consideração também os equipamentos do adversário e seus atributos. Antes de a pancadaria começar de fato, é possível ver quantas vezes cada exército vai atacar. Portanto, fique atento na hora de equipar um escudo ou item pesado no seu personagem, já que pode ser uma desvantagem na hora que for pesar o dano causado.

Modo terceira pessoa

Reprodução
Imagem: Reprodução

Durante a batalha, é possível ativar um modo de movimento em terceira pessoa, onde seu personagem pode se mover sem utilizar o grid tático. Para isso basta pressionar o "+" no controle. Esse botão também serve para aproximar a câmera durante a exploração do monastério.

Mais Guia