PUBLICIDADE
Topo

Em reunião de 15 minutos, Boni decidiu criar 'Armação Ilimitada'

Mais Oi, Sumido
1 | 24
Siga o UOL no

De Splash, em São Paulo

27/12/2020 04h00

Boni. Quatro letrinhas e um peso indescritível para a televisão brasileira. Numa reunião de 15 minutos, aparentemente sem preocupação com prazos ou orçamentos, ele decidiu a criação de 'Armação Ilimitada', sucesso da segunda metade dos anos 1980. "É como era a TV Globo naquela época", se diverte Kadu Moliterno, o Juba da série.

A ideia estava sendo amadurecida por ele e o amigo de surf André de Biase (Lula) já há alguns meses. Ele lembra que Kadu estava emendando um trabalho atrás do outro na Globo e que foi chamado para uma reunião com o então todo-poderoso da emissora, que o convidaria para mais uma novela.

André foi de intruso na reunião. "Boni abriu a porta e perguntou: 'o que você está fazendo aqui? Você não foi convidado pra essa reunião!'", conta. Os dois então começaram a falar sobre a necessidade de programas mais jovens na televisão e venderam o projeto. André lembra que a reunião durou 15 minutos e que, na hora, Boni ligou para Daniel Filho, então diretor de dramaturgia na Globo: "Daniel, o Kadu e o André estão descendo aí, escute a ideia porque ela é boa. Gostei. Vamos fazer. E desligou".

Voltando ao assunto principal da reunião - a novela para a qual Boni convidaria Kadu -, o ator fez uma ressalva: queria tirar férias para surfar em Bali e no Havaí. Segundo o relato de André, isso não foi um problema. Boni colocou os dois na novela e manteve a viagem: "A gente grava em Bali, grava no Havaí... A dupla já vai trabalhando junto na novela'. Eu olhei pro Kadu, pensando: 'isso é real?'".

E era. Em 17 de maio de 1985 estreava 'Armação Ilimitada'.