PUBLICIDADE
Topo

Ex-VJs da MTV no 'Oi, Sumido': 'Axl Rose era muito enjoado'

Mais Oi, Sumido
1 | 16
Siga o UOL no

Liv Brandão e Roberto Sadovski

De Splash, em São Paulo

10/09/2020 04h00

Na estreia do "Oi, Sumido", ex-VJS da era de ouro da MTV Brasil —que completa 30 anos este ano!— relembraram a criação e os bastidores do canal que mudou a vida de gerações de artistas e fãs (nosso caso!).

Mas os apresentadores Liv Brandão e Roberto Sadovski quiseram saber:

E as entrevistas? Quais foram as mais curiosas?

Convidados do primeiro episódio, Astrid Fontenelle, Edgard Piccoli, Marina Person, Sabrina Parlatore e Zeca Camargo foram unânimes: o mais mala da história foi Axl Rose, do Guns'N'Roses.

O cara era realmente muito peçonhento com a gente. Na época do Rock in Rio [em 1991], ele não queria dar entrevista de jeito nenhum para a MTV Brasil. Uma hora esse cara, lá no hotel, liga a TV e a Cuca [Lazzarotto] estava apresentando o Disk MTV no meu lugar. O cara falou: 'eu quero dar entrevista para essa moça'. Ele queria de qualquer jeito a Cuca, ela tinha um namorado que não queria deixá-la fazer a entrevista, foi uma confusão...

Astrid Fontenelle

E sabe o que aconteceu? Axl Rose deu chá de sumiço e só foi receber a equipe da MTV Brasil de madrugada

Anos depois teve uma segunda com Axl Rose. Íamos passar a tarde com ele num barco na Baía de Guanabara, mas ele tinha ido embora direto do show e largou a banda. Quando a gente chegou no tal barco, o Slash —ele tem só uma roupa na vida, né? Aquela cartola, aquela calça... o Slash deu uma olhada para a gente. Negociamos muito, porque a lista de exigências deles tinha sido surreal. Uns chocolates que não existiam no Brasil, 50 toalhas brancas...

Astrid Fontenelle

Zeca Camargo lembrou de outra aventura a bordo, dessa vez com os Red Hot Chili Peppers:

Esse rendeu bastante. A gente alugou um veleiro para os Red Hot Chili Peppers, e vamos combinar, Red Hot é a banda mais legal do universo! Topam tudo, não estão nem aí, são brincalhões, sacanas, inteligentes, supermúsicos. Se falassem que eu estava condenado a entrevistar uma banda pelo resto da vida seria o RHCP. E Metallica, mas do Metallica só quem fala é o Lars Ulrich.

Zeca também lembrou de ter sido o primeiro repórter televisivo NO MUNDO TODO a entrevistar uma certa banda aí...

Fui entrevistar os Pet Shop Boys em Londres e a gravadora falou: 'ó, tem uma banda que a gente vai trabalhar, eles estão aqui, você quer falar com eles? Eu nem tinha ouvido o disco deles ainda, mas topei. Na mesma hora fomos numa pracinha toda coberta de neve, estava um gelo. Comecei a entrevistar: 'olha, desculpa, não ouvi o disco ainda, mas parece que todo mundo gosta. O disco se chama 'Pablo Honey', quem é Pablo?

Ok, era apenas o Radiohead, que na época ainda não havia estourado com 'Fake Plastic Trees' (a do comercial do Carlinhos, sobre a síndrome de down).

'Pablo era um amigo nosso, era o recado da secretaria eletrônica' foi a resposta. Se os caras já são estranhos hoje, imagina naquela época. Eles não falavam nada! Era tão esquisito que uma hora eu comentei que eles pareciam desconfortáveis. Aí o Thom Yorke vira e fala 'é que a gente nunca falou com uma equipe de TV'.

O papo estranho acabou sendo engavetado na antiga sede da MTV, na Avenida Professor Afonso Bovero, em São Paulo

Uns três ou quatro meses depois, sucesso mundial! 'Creep' ficou estouradaça. Fomos atrás da fita. Não só a gente tinha uma entrevista com o Radiohead, como a gente tinha a primeira entrevista da história da TV com o Radiohead. Era uma entrevista esquisitíssima, mas tudo bem, porque a música se chamava... 'Creep' ['esquisito', em inglês].

Veja a íntegra do 'Oi, Sumido' MTV