PUBLICIDADE

Topo

Humoristas do 'Casseta & Planeta' relembram trauma da morte de Bussunda

Liv Brandão

De Splash, em São Paulo

17/06/2021 04h00

O Bussunda não nos deixou, o Bussunda morreu! Não foi uma escolha de nenhuma das partes.

Marcelo Madureira

Reunidos no programa "Oi, Sumido", de Splash, os integrantes remanescentes do "Casseta e Planeta" relembraram o que Beto Silva definiu como "o momento mais difícil da carreira" da trupe. No dia 17 de junho de 2006 —há 15 anos, portanto— Bussunda morreu vítima de um infarto durante a cobertura da Copa do Mundo da Alemanha.

Para terem tempo de lidar com o luto e se recuperar, os humoristas prepararam, junto com o diretor José Lavigne, um especial com os melhores momentos de Bussunda no programa. Na semana seguinte, usaram material já gravado para colocar o "Casseta & Planeta: Urgente" no ar.

Uma ajuda improvável veio de Galvão Bueno.

O narrador, que também estava na Alemanha a trabalho, procurou o grupo. A princípio, Claudio Manoel achou se tratar de uma entrevista, mas Galvão só queria prestar condolências e lembrar que, quando o amigo Ayrton Senna morreu, em 1994, o que o ajudou foi "meter as caras" no trabalho.

E trabalho não faltou para Beto, Marcelo, Claudio, Reinaldo, Hubert e Hélio de la Peña. O programa gravado sobre a Copa acabou sendo descartado depois da derrota do Brasil para a França nas quartas de final. Segundo Hélio, o grupo precisou reescrever o roteiro em metade de um expediente e gravar na outra metade.

"Ali vimos que a gente tinha força e tinha vontade de levar o programa adiante".

Claudio completa:

O programa durou mais seis anos depois da morte do Bussunda, acho que ele ia ficar muito puto se soubesse que o programa acabou por causa dele.

Veja a íntegra do 'Oi, Sumido: Casseta & Planeta'

Um universo de conteúdo para assistir do seu jeito.

O Conto de Aia
Flack
Acende a Luz
De Férias com o Ex - Brasil
Schitts Creek
The Office
Patrulha Canina
Inimigos da HP