PUBLICIDADE
Topo

UOL Vê TV #54: Cobertura do caso Carrefour reforça importância de diversidade na televisão

Mais UOL Vê TV
1 | 25
Siga o UOL no

Colaboração para Splash, em São Paulo

25/11/2020 04h00

A morte violenta de João Alberto Silveira Freitas na quinta-feira (19) recebeu ampla cobertura dos canais de televisão nos últimos dias. A postura da imprensa no tratamento do Caso Carrefour é um dos temas tratados no podcast UOL Vê TV #54, com Chico Barney, Débora Miranda e Mauricio Stycer (assista no vídeo acima a partir de 00:30).

Para a editora de Splash, o esforço de canais como a GloboNews em ter jornalistas negros comentando o caso se mostrou frutífero nesta cobertura. "Isso trouxe um olhar diferente do que estávamos acostumados", observa.

Esse reconhecimento de que era necessário ter mais profissionais negros fazendo jornalismo já rendeu frutos e tomara que continue

Débora Miranda

Barney faz um paralelo entre a reportagem sobre o caso João Alberto exibida pelo "Fantástico" e o especial "Falas Negras", dirigido por Lázaro Ramos e exibido no Dia da Consciência Negra. "É um desafio ter esse espaço democratizado, em que as pessoas possam falar a respeito com os seus olhares. Precisa evoluir cada vez mais rápido, é uma urgência da nossa sociedade."

Stycer chama atenção para o fato de dois jornalistas terem feito críticas às próprias empresas, a CNN Brasil e a GloboNews, quanto ao uso do termo "vândalos" na cobertura das manifestações pela morte de João Alberto. "Houve uma reação de segmentos importantes da sociedade, incluindo a própria mídia."

Serginho Groisman, Gugu Liberato e mais

A atual fase do "Altas Horas", com Serginho Groisman entrevistando a Xuxa, a volta da novela "Top Model", agora no Globoplay, e as reportagens sobre Gugu Liberato em homenagem ao primeiro ano da morte do apresentador também estão na pauta do programa.

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV em todas as plataformas de áudio, como Spotify e Apple Podcasts, entre outras. No YouTube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo.