Conteúdo publicado há 22 dias

Gary Oldman detona atuação em 'Harry Potter' e explica: 'Sou hipercrítico'

Gary Oldman detonou atuação na franquia Harry Potter e explicou comentários em coletiva de imprensa do filme Parthenope, em Cannes.

O que aconteceu

O ator contou que não pretendia ofender os fãs dos filmes quando definiu sua atuação como "medíocre". "O que eu quis dizer com isso é que, como qualquer artista, ator ou pintor, você é sempre hipercrítico em relação ao seu próprio trabalho"

Se você não for [crítico], e estiver satisfeito com o que está fazendo, isso seria a morte para mim. Se eu assistisse a uma apresentação minha e pensasse: 'Meu Deus, sou fantástico nisso', seria um dia triste. Gary Odlman

Ele acrescentou que poderia ter feito diferente com o personagem Sirius Black. "Havia tanto sigilo em torno dos livros que eles estavam trancados a sete chaves. E se eu soubesse desde o início, se tivesse lido os cinco livros e soubesse o arco do personagem, poderia ter abordado de um jeito diferente. Poderia ter olhado para ele de outra forma e pintado de uma cor diferente".

Gary ressaltou que não estava falando sobre a franquia. "Quando comecei Harry Potter, tudo que eu tinha era o livro O Prisioneiro de Azkaban e aquela representação daquele homem. Um livro na biblioteca de Sirius Black. E foi isso que eu quis dizer com isso. Não sou eu olhando para o filme e dizendo que é um filme terrível ou que sou péssimo, só queria que tivesse sido em circunstâncias diferentes. Foi isso que eu quis dizer, não quis ser rude com nenhuma das pessoas que gostam daquele filme."

Deixe seu comentário

Só para assinantes