Conteúdo publicado há 3 meses

Banda AL9, do hit 'Chama de Amor', sobre boatos de satanismo: 'Já esperava'

No último mês, uma música tem dominado as redes sociais: é "Chama de Amor", da Banda AL9. O som inspirado nos anos 50 e 60 conquistou até quem não é muito do rock: Gretchen e Steve Aoki estão entre os fãs da dupla formada pelos irmãos Matheus e Thiago Khouri.

Com o sucesso, também surgiram os boatos. Usuários das redes sociais apontaram coincidências entre partes do trabalho dos irmãos e símbolos do ocultismo — por exemplo, o nome do álbum de estreia, "Amor É a Lei", também é uma frase famosa do ocultista Aleister Crowley.

Em entrevista a Splash, Matheus e Thiago Khouri falam pela primeira vez sobre os rumores: "Surgiu um boato aí. Surgem vários boatos toda hora, quando o artista começa a ter mais sucesso", comenta Matheus. Thiago acrescenta: "Assim, nós somos curiosos. Acho que o ocultismo é algo que fascina a gente. Porém, a gente não é satanista. Não somos satanistas. É isso".

Vão surgir boatos, a gente já estava esperando isso. Ainda mais porque a gente faz rock e tudo mais. O rock trabalha muito com o lado artístico, que é mais místico. Então, as pessoas já envolvem tudo com religião, que às vezes nem tem nada a ver, né? Thiago Khouri, da Banda AL9

Os dois começaram a perceber que estavam famosos quando celebridades começaram a segui-los. Nomes como Gretchen, Glória Groove, Rafael Portugal e Leo Picon fizeram vídeos ao som de "Chama de Amor".

"Eu lembro que o primeiro vídeo que a gente postou do Chama de Amor, no TikTok, já viralizou. O Pedro Sampaio já entrou lá curtindo. Na época, ele estava lançando uma música com o MC Tato. O MC Tato também curtiu e seguiu a gente", relembra Thiago.

Continua após a publicidade

Em outubro, os dois subiram no palco do Tomorrowland com Steve Aoki. "Alguém que trabalha com ele, eu não sei qual a função, entrou em contato com a gente pelo Instagram mesmo, perguntando se podia mostrar o nosso som pro chefe dele. Até então, a gente não sabia quem era. Isso tudo conversando em inglês, tá? A gente disse 'nossa, pode mandar pra quem você quiser'. Aí ele falou: tá bom, meu chefe é o Steve Aoki", contam.

Logo em seguida, o Steve já mandou a mensagem direta. Foi umas duas semanas antes do Tomorrowland. Mas foi bem rápido mesmo. Ele pediu algumas coisas que precisava da música, as vozes em aberto. A gente mandou alguns arquivos pra ele, e aí ele convidou. A gente só começou a acreditar mesmo quando tava lá. Até então, era só um convite. Ainda estamos num grupo de WhatsApp com ele. Thiago Khouri, da Banda AL9

Continua após a publicidade

A parceria deu certo. Além da participação no Tomorrowland, Steve Aoki vai lançar o remix de "Chama de Amor" em suas plataformas digitais. E o DJ estadunidense não é o único gringo interessado na música dos irmãos:

"Aumentou bastante o nosso público internacional. Geralmente, o público do artista brasileiro é primeiro o Brasil, depois vem logo Portugal, né? Porque Portugal é a língua mais semelhante. O nosso já não é isso. É Brasil, aí se não me engano, Estados Unidos. Depois, França", conta Thiago.

E agora, quais os próximos passos da Banda AL9? Eles pretendem lançar mais clipes do álbum "Amor É a Lei", e já estão preparando novas músicas para o ano que vem. A agenda de shows está cheia e, em dezembro, a dupla vai fazer seu primeiro show fora do estado de São Paulo. Os irmãos, que começaram a carreira se apresentando em bares, agora veem o público mudando: com menores de idade na plateia, os bares não queriam mais contratá-los, porque não poderiam vender bebidas alcoólicas.

Os bares, pelo menos aqui em São Paulo, eles procuram muito cover. Quando a gente começou a entrar com música autoral, eles não queriam mais. É engraçado até, agora tem bandas em bar fazendo covers das nossas músicas. É meio irônico, né? Matheus Khouri, da Banda AL9

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes