Menor diz que foi espancado em show de MC Daniel e pede R$ 91 mil em ação

Um fã de 17 anos processou o cantor MC Daniel cobrando uma indenização de R$ 91 mil por danos morais, após alegar ter sido agredido por seguranças em um show do artista em setembro do ano passado, na cidade de Ourinhos (SP).

O menor se definiu como fã de MC Daniel e aponta ter comparecido ao evento com a expectativa de tirar uma foto com seu ídolo. Então, durante o show, quando se aproximou ao palco, diz que se emocionou e tentou subir para tirar uma foto com o cantor.

Nessa tentativa, afirmou que foi interceptado com violência excessiva pelos seguranças do artista que estavam na linha de frente do palco, mais os seguranças em cima do palco, sendo empurrado agressivamente de volta para a pista, segundo seu relato.

Ainda de acordo com o menor, ele diz que fez um "sinal de paz", para demonstrar que não procurava atrito, e indicou que queria apenas uma foto. Em seguida, os seguranças teriam formado um tumulto, se aglomerado sobre o menor, arremessando-o para fora do palco.

O garoto, que na época do show tinha 16 anos, declarou que foi levado para um canto onde foi cercado e "brutalmente agredido, tomando socos no rosto e no corpo, deixando marcas". Ele anexou fichas de atendimento que traziam hematomas com indícios de agressão física. Também juntou vídeos ao processo.

O adolescente diz que a conduta dos presentes de subir ao palco não é novidade nos shows realizados pelo cantor.

"Em inúmeras ocasiões outros fãs tiveram a oportunidade de subir ao palco, tirar fotos e até mesmo cantar ao lado do artista, sendo esta uma conduta incentivada e divulgada como meio de promoção do MC, além de ser forma de aproximação com seu público", afirmou.

Após o show, o menor diz que ainda foi ao hotel do cantor com amigos que pretendiam conhecê-lo. E que foi acusado pelo cantor de tentar agredi-lo, sendo exposto em filmagens "divulgadas de forma sensacionalista por estímulo do Mc Daniel".

Ocorre que, no dia da apresentação, Mc Daniel divulgou em seus stories no Instagram vídeos do momento que o menor tentou subir no palco e, posteriormente, sua ida ao hotel para pedir uma foto. Nessas postagens, o artista diz que o fã queria "arrumar briga".

Continua após a publicidade

As imagens foram replicadas em diversos perfis de Instagram sobre funk e canais de Youtube, todas favoráveis ao cantor e divulgando imagens do rosto do menor. Os prints e vídeos foram anexados ao processo.

Até o momento, Mc Daniel não foi localizado pela Justiça para responder ao processo. O UOL tentou contato com sua equipe, que não retornou até a publicação. A matéria será atualizada caso o artista queira se manifestar.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes