8 restaurantes italianos disputam título de melhor de SP; saiba quais são

Esta é a versão da newsletter Bares e Restaurantes. Quer receber toda quinta-feira no seu email dicas de lugares para comer, beber e petiscar em São Paulo? Basta se inscrever gratuitamente aqui.

*******

Das tradicionais cantinas do bairro do Bexiga a restaurantes com menu degustação, São Paulo é uma festa italiana à mesa.

A tradição dos pratos familiares e tempero à la mamma (ou nonna, em casas que perduram por gerações) abriu caminho para outro cenário gastronômico.

Hoje, a culinária italiana encontra a alta gastronomia em restaurantes de autor, que mesclam receitas originais do país da bota a toques de chef, pesquisa de ingredientes e inovações que, mamma mia!, são um deleite.

Um bom exemplo são os finalistas do Prêmio Nossa de Bares e Restaurantes na categoria de Melhor Italiano. Conheça um pouco sobre eles e vote no seu preferido.

Evvai

Imagem
Imagem: Tadeu Brunelli

É um restaurante autoral de matriz italiana. Com produtos brasileiros, o chef Luiz Filipe Souza cria pratos modernos que subvertem o óbvio. O menu Oriundi, de onze etapas, apresenta receitas como a emblemática bomba de vieira em massa de mandioquinha.
Rua Joaquim Antunes, 108, Pinheiros. @evvai_sp

Continua após a publicidade

Fame Osteria

Imagem
Imagem: Divulgação

Entre comércios da Rua Oscar Freire e sem sinalização do lado de fora. Lá se esconde o pequeno salão que oferece degustações impecáveis para poucos clientes por noite. No menu, que muda conforme o desejo do chef Marco Renzetti, pode aparecer risoto de escargot e guanciale.
Rua Oscar Freire, 216, Cerqueira César. @fame_osteria

Gero

Imagem
Imagem: Divulgação

Concebido como uma versão bistrô do sofisticado Restaurante Fasano, a casa possui uma acolhedora combinação de sofisticação e simplicidade. A cozinha clássica italiana se traduz em pratos como o ravióli de pera com brie e crocante de presunto cru.
Rua Haddock Lobo, 1629, Jardins. @fasano

Continua após a publicidade

Nelita

Imagem
Imagem: Divulgação

Com cozinha majoritariamente feminina e comandado por Tássia Magalhães, o restaurante traz uma nova visão sobre a cozinha italiana. Isso se expressa no menu degustação e também nas opções à la carte. O ravioli doppio combina pato, milho e lascas de peixe seco.
Rua Ferreira de Araújo, 330, Pinheiros. @nelita.restaurant

Picchi

Imagem
Imagem: Bronko

Há 10 anos, a casa une a perfeição técnica à pesquisa de novos ingredientes. O menu, que conta com três versões de degustação além de pratos à la carte, apresenta receitas regionais italianas pouco conhecidas por aqui. Típica da Toscana, a pici leva ragu de linguiça e lentilha.
Rua Oscar Freire, 533, Jardins. @restaurantepicchi

Continua após a publicidade

Shihoma Pasta Fresca

Imagem
Imagem: Divulgação

Constantemente renovados, os pratos de massa fresca preparada in loco focam em ingredientes dos entornos. O espaguete, que segue a técnica japonesa temomi de amassar a pasta até ondular, é servido manteiga, alici e pistache.
Rua Medeiros de Albuquerque, 431, Vila Madalena. @pastashihoma

Tappo Trattoria

Imagem
Imagem: Divulgação

Após anos fechada, a trattoria reabriu em fevereiro em novo endereço. No térreo do histórico Edifício Paquita, em Higienópolis, o chef Benny Novak oferece a cozinha clássica italiana em pratos como o Amatriciana, de massa curta, guanciale, molho de tomate, peperoncino e pecorino.
Rua Alagoas, 475, Higienópolis. @tappotrattoria

Continua após a publicidade

Fasano

Imagem
Imagem: Divulgação

No agradável salão projetado pelos arquitetos Isay Weinfeld e Marcio Kogan, provam-se receitas consagradas preparadas sob a batuta do chef Luca Gozzani. Exemplos são o ravióli de vitela ao molho de vinho com cogumelos e trufas negras e o tiramisu.
Rua Vitório Fasano, 88, Jardim Paulista. @fasano

Belisquetes
Por Gabrielli Menezes

Imagem
Imagem: Lais Acsa

Massa em casa

Alguns almejam a casa própria. Eu almejo a massa própria. E realizar esse sonho também exige investimento. Desde o músculo do tríceps para misturar, da máquina para abrir e do varal para secar até o tempo de fazer — e limpar. Há um prazer especial em comer um ravióli fresquinho que você mesmo fez, mas tem gente que pode achar entediante (como disse com sinceridade a minha sobrinha de 5 anos). É por isso que trago ótimas opções para os dois tipos de público.

Continua após a publicidade

Fazer do zero

Imagem
Imagem: Divulgação

Quem topa sujar as mãos pode comprar no Shihoma Deli os mesmos ingredientes usados na produção dos pratos do restaurante homônimo - inclusive a farinha. Fabricada em Mantova, a Molino Pasini especial para pasta sai a R$ 34 o quilo.
Rua Harmonia, 161, Vila Madalena. @shihomadeli

Comprar pronta

Imagem
Imagem: Lais Acsa

Algumas das melhores massas da cidade estão nesta rotisseria com opções para finalizar em casa. Há quase 30 anos, Ana Soares oferece na Mesa III Pastifício clássicos como o tagliolini (R$ 45 o tradicional ou R$ 49 o colorido, 300 gramas) com molho bolonhesa (R$ 49).
Rua Marco Aurélio, 154, Vila Romana. Mais um endereço. @mesa3_pastificio

Continua após a publicidade

Bares

7 bares para comer bem em São Paulo

A cozinha de bar já foi chamada de "baixa gastronomia". O verbo no passado faz jus ao cenário atual da boemia em São Paulo. Os bares investem em cardápios inventivos e receitas que muito bem poderiam estar no menu de restaurantes. Quer sugestões? Veja o que provar nas 7 casas finalistas de Melhor Cozinha de Bar do Prêmio Nossa.

Astor

Imagem
Imagem: Reprodução Instagram

O que provar: mix petiscaria, que combina croquete, bolinhos de arroz e pasteizinhos de queijo.
Vai lá: Rua Delfina, 163, Vila Madalena. @barastor

Continua após a publicidade

Bar do Luiz Fernandes

Imagem
Imagem: Divulgaçãoi

O que provar: o bolinho de carne, carro-chefe da casa, ou as delícias do balcão de acepipes.
Vai lá: Rua Augusto Tolle, 610, Mandaqui. @bardoluizf

Caledonia Whisky & Co.

Imagem
Imagem: Reprodução Instagram

O que provar: The Kildalton Cross, hambúrguer com cheddar, farofa de bacon, cebola crispy e barbecue artesanal.
Vai lá: Rua Vupabussu, 309, Pinheiros. @caledoniabar

Continua após a publicidade

Clos Wine Bar

Imagem
Imagem: Reprodução Instagram

O que provar: Espécie de torta folhada, o pithivier é recheado de mandioquinha, costela e couve e umedecido por molho de carne e mariscos. Instalado em um imóvel da década de 1930, o bar oferece pratos de influência francesa para harmonizar com taças de vinho.

Vai lá: Rua Girassol, 310, Vila Madalena. @clos_winebar

Elevado Bar

Imagem
Imagem: Reprodução Instagram
Continua após a publicidade

O que provar: faz sucesso a tostada de lula, defumada da brasa ao aioli de açafrão.
Vai lá: Rua Jesuíno Pascoal, 16, Consolação. @elevado_bar

Huevos de Oro

Imagem
Imagem: Reprodução

O que provar: entre clássicos da cozinha castelhana estão a famosa tortilla de batata.
Vai lá: Avenida Pedroso de Morais, 267, Pinheiros. @huevosdeorobar

Tan Tan

Imagem
Imagem: Reprodução Instagram
Continua após a publicidade

O que provar: além dos lámens, há petiscos como o tempurá de batata frita com ovas de truta, maionese e alga em pó.
Vai lá: Rua Fradique Coutinho, 153, Pinheiros. @tantannb

Hora de votar!

Deixe abaixo seu voto nas categorias Melhor Italiano e Melhor Cozinha de Bar. Você também pode ver os finalistas e votar em todas a categorias do Prêmio Nossa clicando aqui.

MELHOR RESTAURANTE ITALIANO

3.261 votos
Imagem
Tadeu Brunelli
Imagem
Divulgação
Imagem
Divulgação
Imagem
Divulgação
Imagem
Divulgação
Imagem
Bronko
Imagem
Divulgação
Imagem
Divulgação
Votação encerrada.
Imagem

MELHOR COZINHA DE BAR

2.495 votos
Imagem
Reprodução
Imagem
Reprodução
Imagem
Reprodução
Imagem
Reprodução
Imagem
Reprodução
Imagem
Reprodução
Imagem
Reprodução
Votação encerrada.

Deixe seu comentário

Só para assinantes