PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Treinador americano de UFC chama lutadores brasileiros de trapaceiros

 Tony Kelle durante conversa com a lutadora Andrea Lee - Reprodução/Combate
Tony Kelle durante conversa com a lutadora Andrea Lee Imagem: Reprodução/Combate

Ag. Fight

15/05/2022 00h11

A luta entre Viviane Araújo e Andrea Lee foi movimentada e de alto nível, porém as lutadoras acabaram ofuscadas pela postura de um dos treinadores da americana. No evento realizado neste sábado (14), em Las Vegas (EUA), Tony Kelley polemizou ao contestar o caráter dos profissionais do Brasil no MMA.

O episódio aconteceu no intervalo do primeiro para o segundo round. Quando Lee se dirigiu ao corner, Kelley, irritado pelo fato de sua atleta não conseguir nocautear 'Vivi' logo no início do combate, atacou a veterana e os demais brasileiros do esporte. Sem titubear, o treinador ignorou a presença das câmeras e afirmou que os lutadores do país são 'sujos'.

"É isso que eles vão fazer. Eles são brasileiros sujos. Eles vão trapacear desse jeito", declarou o treinador de Andrea Lee.

Curiosamente, após a polêmica declaração de Tony Kelley, Andrea Lee não conseguiu se encontrar no octógono. Após sofrer no primeiro round, Viviane Araújo foi superior nos outros dois e venceu a luta por decisão unânime.

MMA