PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Luta de Anderson Silva em Dubai é cancelada após morte de presidente

Motivo do cancelamento é a morte do sheik Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos - Eric Espada/Getty Images/AFP
Motivo do cancelamento é a morte do sheik Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos Imagem: Eric Espada/Getty Images/AFP

Ag. Fight

13/05/2022 12h57

O evento de boxe Global Titans Fighting, que aconteceria em Dubai (EAU) amanhã e que contaria com as presenças de Anderson Silva e Floyd Mayweather como atrações principais, foi adiado.

O motivo foi a morte do sheik Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente do país, na manhã de hoje, em informação divulgada pela agência de notícias 'WAW'. Ainda não existe previsão sobre uma nova data para o show.

Também não foram passadas informações sobre a causa da morte do presidente dos Emirados Árabes. Por causa dessa fatalidade, o governo decretou "luto oficial e as bandeiras a meio-mastro" por um período de 40 dias e, dessa maneira, impossibilitou a realização do evento de boxe.

A luta principal do evento seria um confronto entre a lenda da nobre arte, Floyd Mayweather, e Don Moore. Além deste duelo, a outra estrela do show seria Anderson Silva, que mediria forças com o compatriota Bruno 'Caveira', também em embate de boxe.

Essa seria a terceira aparição de 'Spider' dentro de um ringue, sendo que nas outras duas ocasiões, saiu vencedor diante de Julio Cezar Chavez Jr e Tito Ortiz.

Esporte