PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Anderson Silva revela que pode seguir no boxe após luta no México

Anderson Silva durante a pesagem oficial - Jeff Bottari/Getty Images
Anderson Silva durante a pesagem oficial Imagem: Jeff Bottari/Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

08/04/2021 11h38

Depois de fazer história no MMA e ser apontado por parte da comunidade do esporte como um dos melhores lutadores de todos os tempos, Anderson Silva vai dar um novo passo em sua carreira nas artes marciais. No dia 19 de junho, o ex-campeão do peso-médio (84 kg) do UFC vai enfrentar Julio Cesar Chavez Jr., em um duelo de boxe, que acontece no México, em evento denominado 'Tribute to the Kings'. E o brasileiro se mostrou empolgado para se testar na nobre arte.

Apesar de ainda não ter feito uma atuação dentro do ringue, 'Spider' já deixou a possibilidade de seguir lutando boxe em aberto. Em trecho reproduzido pelo site 'MMA Junkie', depois de uma coletiva virtual, o competidor também descartou ter aceitado o desafio de se aventurar na modalidade com o intuito de se provar um atleta completo.

"Sim, claro que é possível (seguir no boxe). Eu amo esse esporte. Veremos. O boxe é um esporte incrível. Amo boxe e pratico boxe há muito tempo - não profissionalmente, mas procuro dar o meu melhor. Eu continuo treinando, e continuo me desafiando. Essa oportunidade de lutar contra o Chávez Jr. não é provar (nada) para ninguém, é só me desafiar. Quando eu entrar para lutar no ringue contra o Chávez Jr., vou dar o meu melhor, vou ficar feliz e colocar minha paixão dentro do ringue", afirmou o brasileiro.

Com a ida para a nobre arte, um sonho antigo de Anderson Silva pode estar cada vez mais próximo de se concretizar. Ainda quando reinava nos médios do Ultimate, o curitibano sempre cogitou a possibilidade de encarar o pugilista Roy Jones Jr. Questionado se ainda mantém esse desejo, 'Spider' se esquivou.

"Falei sobre lutar contra o Roy Jones Jr. por muitos, muitos anos, quando comecei a lutar no UFC. Acho que agora está se aproximando dessa realidade, e vamos ver. Meu foco é só essa luta agora, e depois vamos ver no futuro", explicou o lutador.

Atualmente, o momento de Anderson é delicado. O ex-campeão do peso-médio do UFC perdeu três lutas seguidas e venceu apenas um duelo no período entre 2013 e 2020. Contudo, em seu auge, o brasileiro marcou época na organização. 'Spider' conquistou o título da categoria logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade do MMA como um dos maiores nomes da história do esporte.

MMA