PUBLICIDADE
Topo

MMA


Masvidal provoca Usman antes de luta no UFC: 'Tem a mente fraca'

Masvidal disse que Usman não está nem perto de ser bom como anunciam - Sean M. Haffey/Getty Images
Masvidal disse que Usman não está nem perto de ser bom como anunciam Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

10/07/2020 13h08

Poucos atletas aceitariam uma disputa de título contra o campeão da divisão de última hora. Não foi o caso de Jorge Masvidal, que, com pouco menos de uma semana restando para o UFC 251, marcado para este sábado (11), chegou a um acordo para enfrentar Kamaru Usman, pelo cinturão dos meio-médios (77 kg), na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi. No entanto, um fator parece ter sido fundamental para que o americano assumisse o risco de se apresentar mesmo sem a preparação adequada para um combate dessa magnitude.

Durante o media day virtual do UFC 251, 'Gamebred', como é conhecido, ressaltou que não aceitaria uma disputa de título nessas circunstâncias contra qualquer adversário, mas que Usman seria o rival perfeito para tal risco, já que o considera fraco mentalmente. Ainda que o nigeriano seja o atual campeão da categoria e ostente uma invencibilidade de 11 confrontos desde sua estreia pelo Ultimate, Masvidal o classificou como supervalorizado e prometeu provar sua teoria no octógono da 'Ilha da Luta' neste sábado.

"Meu oponente? Eu não tenho fé nele. Existem outros caras que eu teria pensado: 'Talvez eu precise mais do que seis dias'. Sabe? Além dele ter 17 personalidades diferentes e eu não saber qual vai aparecer para lutar, acho que ele tem a mente fraca. Ele não está nem perto de ser tão bom quanto anunciam, e é por isso que eu estou aqui para provar isso", declarou 'Gamebred'.

Primeira opção do Ultimate para desafiar Kamaru Usman pelo cinturão dos meio-médios, Jorge Masvidal viu a entidade escalar Gilbert 'Durinho' em sua vaga após as negociações fracassarem devido a um impasse financeiro. Com o teste positivo para COVID-19 do brasileiro, e sua consequente retirada do card do UFC 251, a organização abriu novas tratativas com 'Gamebred' e conseguiu chegar a um acordo para que o aguardado duelo entre o americano e o campeão fosse marcado para o dia 11 de julho, na inauguração da 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi.

MMA