PUBLICIDADE
Topo

MMA


Treinador brasileiro puxa treino para Mike Tyson: "Realização de um sonho"

"É uma coisa surreal", afirma Rafael Cordeiro - Ag Fight
"É uma coisa surreal", afirma Rafael Cordeiro Imagem: Ag Fight

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

02/05/2020 14h51

Mike Tyson voltou às manchetes na última sexta-feira (1), ao publicar um vídeo recente de um treino de manopla em suas redes sociais. Mesmo aos 53 anos e longe dos ringues desde 2005, a lenda do boxe chamou a atenção ao demonstrar potência, explosão e velocidade na movimentação, marcas registradas de sua época de pugilista. E quem comprova que o ex-campeão mundial peso-pesado continua com as mãos afiadas é Rafael Cordeiro, um dos principais técnicos de MMA do planeta e responsável por puxar o treinamento para o americano.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight, Cordeiro exaltou a experiência de poder compartilhar esse momento com uma das maiores lendas do esporte mundial e seu ídolo pessoal. De acordo com o líder da 'Kings MMA', Tyson — ainda que estivesse há um bom tempo longe dos treinos — mantém a pegada forte que o caracterizou em sua carreira, finalizada com 44 nocautes em 50 vitórias.

"Está sendo uma experiência maravilhosa. Você poder segurar manopla para o seu ídolo, é uma coisa surreal. Uma pancada que você não tem noção, a pancada dele, a movimentação, o jeito como ele movimenta como nos velhos tempos. Tem a mente do campeão, é impressionante. Não tem um soco que ele faça fraco, todos os socos são 100%. Está sendo uma experiência incrível. Nós temos amigos em comum, estamos no mesmo meio há muito tempo, e surgiu a oportunidade de estar no começo desse projeto com ele agora", contou Rafael Cordeiro, antes de completar.

"Voltou depois de vários anos sem fazer manopla e a gente teve a honra de fazer esse trabalho com ele. Estou muito feliz, isso é a realização de um sonho para mim. Acho que para qualquer técnico, na verdade. Poder estar de frente para o teu ídolo maior. Sempre agradecendo as oportunidades que Deus nos dá e agradecer ao Rob, seu manager, que é um amigo, um cara sensacional, que abriu as portas para a gente mostrar o nosso trabalho. Que experiência! Só posso falar que foi uma das coisas mais alucinantes que aconteceu na minha vida", exaltou o treinador.

A volta aos treinos, sob a supervisão de Rafael Cordeiro, faz parte dos planos do ex-campeão de retornar aos ringues, ainda que não profissionalmente. Recentemente, Tyson revelou, em entrevista ao rapper TI, que pretende se apresentar em lutas de exibição de três ou quatro rounds com o objetivo de arrecadar fundos para ajudar pessoas carentes e dependentes químicos.

MMA