PUBLICIDADE
Topo

MMA


WWE fura quarentena e promove edição do WrestleMania em abril sem plateia

Ronda Rousey, durante Wrestlemania 35 - Divulgação/WWE
Ronda Rousey, durante Wrestlemania 35 Imagem: Divulgação/WWE

Ag. Fight

17/03/2020 10h21

Não é só o UFC que fará de tudo para manter o cronograma e a realização do seu próximo principal show. Em meio aos inúmeros eventos esportivos cancelados em razão da pandemia de coronavírus no mundo, a WWE (liga americana de pro wrestling) anunciou que pretende promover o 'WrestleMania' - seu maior espetáculo do ano - sem a presença do público, no dia 5 de abril, no 'Performance Center', em Orlando (EUA).

A medida foi a mesma adotada pela principal entidade de MMA do mundo para garantir a realização do UFC Brasília no último sábado (14), e será implementada também nos eventos da WWE transmitidos semanalmente, chamados de 'SmackDown'. Principal atração no calendário da liga no ano, o 'WrestleMania' atinge uma enorme legião de fãs do telecatch espalhados pelo planeta. Em 2019, na edição 35, realizada em Nova Jersey, mais de 80 mil torcedores lotaram o estádio onde o show foi realizado, além dos milhões de telespectadores que acompanharam pela televisão.

"Em coordenação com os parceiros locais e oficiais do governo, WrestleMania e todos os eventos relacionados em Tampa Bay não vão acontecer. No entanto, WrestleMania vai ser transmitido ao vivo no domingo, 5 de abril, às 19h ET no WWE Network e estar disponível em pay-per-view. Apenas equipe essencial vai estar no local fechado nas facilidades de treinamento da WWE em Orlando, Florida, para produzir o WrestleMania", divulgou a companhia em seu comunicado oficial.

Além disso, o show de introdução ao Hall da Fama da WWE e o NXT Takeover, que normalmente acontecem durante a semana anterior ao WrestleMania, estão em pausa no momento. A organização ainda vai se pronunciar oficialmente sobre os planos oficiais para esses eventos.

MMA