PUBLICIDADE
Topo

MMA


Esquiva Falcão revela proposta para lutar por título mundial de boxe

Esquiva Falcão se mantém invicto há 25 lutas - Scott Taetsch/Getty Images
Esquiva Falcão se mantém invicto há 25 lutas Imagem: Scott Taetsch/Getty Images

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

26/02/2020 06h00

Neste sábado (29), Esquiva Falcão entra em ação diante de Jorge Daniel Miranda em sua 26ª luta como profissional de boxe. No entanto, mesmo às vésperas do confronto, é possível afirmar que a cabeça do brasileiro já está em outro lugar. Em entrevista exclusiva à equipe de reportagem da Ag. Fight, o peso-médio (73 kg) revelou a possibilidade de competir pelo título mundial após o duelo deste final de semana.

Apesar de não 'valer nada', o confronto de Esquiva marca o retorno do brasileiro ao país, já que a luta será disputada na Arena de Lutas, em São Paulo (SP). O pugilista, invicto em sua trajetória como profissional, ainda ressaltou a importância do combate diante do argentino - a quem já venceu, em março de 2019 - a fim de se manter ativo e na 'ponta dos cascos' para um eventual maior desafio pelo cinturão.

"Tenho essa luta agora, não valendo nada (cinturão), mas que conta como preparação. E depois dessa luta já tenho uma proposta. Devo lutar em abril, aí já valendo o cinturão. Então essa luta é para manter o preparo físico, me apresentar para o Brasil novamente e vencer por nocaute. Uma luta de preparação, de ritmo", destacou Esquiva, antes de falar mais sobre a proposta.

"Vencendo ele, já ouvi alguns que minha próxima luta é pelo cinturão. Não posso cravar 100% porque não tem nada assinado. Mas a Top Ranking já falou sobre a possibilidade de lutar pelo cinturão. Até porque o campeão da categoria, o 'Canelo', subiu de categoria e deixou os cinturões dele vagos. Agora os tops 5 vão brigar pelo cinturão dele. E como eu sou um deles, então há essa possibilidade", completou o brasileiro de 30 anos, se referindo ao atleta mexicano, atual campeão peso-médio da WBA e WBC.

Mas antes de vislumbrar objetivos maiores, Esquiva tem de fazer o 'dever de casa' para manter a invencibilidade. Jorge, adversário da vez, é um velho conhecido do brasileiro. Em 2019, os dois se enfrentaram, com vitória por decisão unânime de Falcão - que destacou o desejo de nocautear o rival argentino no segundo embate entre os dois.

Após boa carreira no boxe amador, que culminou com a conquista da medalha de prata na Olimpíada de Londres, em 2012, Esquiva Falcão estreou como profissional na nobre arte em fevereiro de 2014. Desde então, o brasileiro se mantém invicto após ter disputado 25 lutas. De seus 25 triunfos, 17 deles foram por nocaute e oito vieram na decisão dos juízes.

MMA