PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

TV: Empresário do UFC é esfaqueado por irmão em ataque; mãe e avó morrem

James Walter era empresário de atletas do UFC e de outros esportes - Reprodução/Instagram
James Walter era empresário de atletas do UFC e de outros esportes Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

06/07/2022 11h49

Uma tragédia familiar abalou o noticiário de Ohio, nos Estados Unidos. Nesta semana, a emissora "WKYC' noticiou que Joseph Walter esfaqueou o irmão, a mãe e a avó em um ataque que resultou na morte das duas mulheres. De acordo com o tabloide 'Daily Star', a outra vítima é Jim Walter, empresário conhecido no mundo do UFC.

Embora esteja em estado crítico, o agente esportivo de 35 anos foi estabilizado no hospital. Segundo os relatos, a polícia chegou ao local do suposto crime no início da tarde da última segunda-feira (4) e as três vítimas junto do suspeito, que foi levado sob custódia.

A mãe dos irmãos, Laurene Worthington, de 62 anos, e a avó, Carol Jereb, de 85, não resistiram aos ferimentos e morreram no hospital. Tanto Jim quando Joseph, de 33 anos, também estão recebendo cuidados médicos.

As autoridades afirmam que o suspeito, que não possui nenhum histórico de prisão, será indiciado por duas acusações de homicídio qualificado. Conforme a lei norte-americana, isso significa que ele pode ser condenado a pena de morte.

Jim Walter possui sua própria academia de luta em Chicago, a 'Mission MMA', e gerencia a carreira de diversos lutadores através de sua agência. O ex-campeão do peso-pesado Stipe Miocic e o ex-campeão dos médios Chris Weidman estão entre seus clientes de maior destaque.

No Twitter, o jornalista especializado em MMA Ariel Helwani lamentou o episódio. "Jim é um cara muito legal. Eu o conheço há anos e simplesmente não posso acreditar nisso. Absolutamente chocado", escreveu o profissional da imprensa.

Em suas redes sociais, o empresário já publicou diversos registros com a mãe.

MMA