PUBLICIDADE
Topo

Diogo Silva

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Alex 'Poatan' é o lutador peso médio mais temido do UFC

Alex "Poatan" Pereira comemora após vitória sobre Sean Strickland no UFC 276 - Jeff Bottari/Zuffa LLC
Alex 'Poatan' Pereira comemora após vitória sobre Sean Strickland no UFC 276 Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC
só para assinantes
Diogo Silva

Diogo Silva foi campeão mundial universitário, medalhista de ouro dos Jogos Pan-Americanos e participou dos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e Londres-2012 no taekwondo. Hoje, faz parte do grupo de rap Senzala Hi-Tech.

04/07/2022 15h17

Com seis vitórias no MMA, sendo três delas no UFC (dois nocautes e uma por decisão unânime), Alex 'Poatan' Pereira, 34, conquistou o direito de disputar o cinturão do peso médio depois de nocautear sua última vítima, o americano Sean Strickland, quarto do ranking, que não durou três minutos do primeiro round.

O americano, que foi extremamente fanfarrão durante as entrevistas que antecedem a luta, perturbando o nigeriano Israel Adesanya, dono do cinturão do peso médio, não foi páreo para Poatan. Depois de receber o clássico cruzado de esquerda que fez de Alex grande vencedor do Glory no kickboxing, Strickland apagou no octógono, contabilizando mais um nocaute para o brasileiro.

Poatan é o lutador mais temido da categoria do peso médio e vem assombrando a vida do nigeriano Israel Adesanya, que também venceu o americano Jared Cannonier, na defesa do cinturão. A próxima luta dos médios possivelmente será entre o nigeriano e o brasileiro. Adesanya não tem adversário à altura entre os top five do peso e Poatan é o seu maior concorrente. O nigeriano, inclusive, já pediu pelo algoz após bater Cannonier.

Pensando em um comparativo de tempo que leva um lutador a disputar um cinturão: Do Bronx, por exemplo, levou mais de 10 anos para ganhar a oportunidade de lutar pelo cinturão. Já Poatan, em apenas um ano, conquistou o respeito da categoria e pulou na frente de muitos lutadores que esperavam a mesma chance com apenas seis lutas na organização.

O respeito de Poatan foi conquistado primeiro por seu histórico como lutador de kickboxing e por ter vencido Adesanya duas vezes, uma por decisão unânime e outra por nocaute. Com 31 vitórias em 40 lutas, sendo 21 nocautes, Poatan se credencia como um dos melhores trocadores da categoria.

Outro fato relevante é o seu poder de nocaute, que em seis lutas no MMA deixou cinco adversários apagados.

Frio e impiedoso, Poatan, mesmo não estando entre os 10 melhor do peso, já não vê adversário para enfrentar além do nigeriano.

Já Adesanya, que é um showman, mostrou grande desconforto toda vez que o nome de Poatan foi citado como possível adversário, o que o levou a dizer que espera Poatan e que seu nocaute do passado não representa o lutador que se tornou hoje.

Só pelo fato do homem a ser batido se incomodar com um possível adversário já mostra que Adesanya vê em Poatan um forte candidato a tomar seu cinturão.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado no texto, Alex 'Poatan' venceu duas lutas no UFC por nocaute e uma por decisão unânime, e não por finalização. O erro foi corrigido.
Diferentemente do informado inicialmente, Alex 'Poatan' venceu Adesanya duas vezes: uma por decisão unânime, outra por nocaute. O erro foi corrigido no texto.
Diferentemente do informado inicialmente, Alex 'Poatan' fez apenas três lutas no UFC. O erro foi corrigido no texto.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL