PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Menino vê erro de Patrick de Paula, mas critica comportamento de torcedores

Gabriel Menino critica Patrick e Lucas Lima, mas vê exagero da torcida - Reprodução/SporTV
Gabriel Menino critica Patrick e Lucas Lima, mas vê exagero da torcida Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 23h34Atualizada em 22/06/2021 00h17

Meia do Palmeiras, Gabriel Menino defendeu o cumprimento dos protocolos sanitários após Patrick de Paula ser flagrado em uma festa clandestina. O jovem evitou julgar o companheiro de time, mas afirmou que "a gente devia só seguir o protocolo que foi passado".

Gabriel Menino chegou a ser apontado como outro atleta do Palmeiras a ir à festa. O jogador, porém, afirmou que estava em casa. Há poucos dias, Lucas Lima foi afastado após também ser flagrado em uma festa clandestina.

"Ele cometeu um erro, mas quem sou eu para julgar. Eu acho que a gente devia só seguir o protocolo que foi passado. Se a gente obedecer, o futebol vai melhorar, o mundo vai melhorar", disse Menino em entrevista ao "Bem, Amigos".

O camisa 25 ainda criticou a postura dos torcedores ao abordar Patrick na noite de ontem. Para Gabriel Menino, a "pressão" não fará o time correr mais.

"Eu acho que é uma pergunta bem polêmica. Eu acho que é um pouco, sim, dos torcedores invadirem a privacidade do jogador. Não defendendo o Lucas e o Patrick. Acho que não só eles como o mundo todo tem que ficar em casa, seguir o protocolo. Meu nome também saiu nesse episódio, mas eu estava em casa. Não estou numa semana boa também, porque minha mãe está com essa doença. Esse vírus também me tirou um sonho, que foi a seleção. Isso, para mim prejudicou muito, e hoje estou muito focado no que eu quero", falou Menino em entrevista ao "Bem, Amigos".

"Em questão de torcedor, acho que estão exagerando um pouco. Nada disso vai fazer a gente correr mais. Vai deixar a gente mais pressionado. 'O que será que vai acontecer amanhã? Quando a gente for mal?'. A gente fica pensando no dia de amanhã. Acho que sim, estão passando um pouco do limite, mas não estou passando a mão na cabeça (do Patrick e do Lucas Lima)", completou.

Por fim, Menino admitiu que caiu em campo para parar o jogo contra o América-MG após Patrick de Paula sair de campo por um problema com um piercing.

"Eu não sabia que ele estava de brinco. Quando eu vi que a gente estava passando um pouco de aperto porque estava sentindo falta dele (Patrick), eu caí no chão e consegui segurar uns seis minutos, até que ele voltasse. Deu certo, e ele acabou voltando", disse.

Palmeiras