PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

'Vamos cobrar', diz Felipe Melo sobre Lucas Lima e Patrick de Paula

Felipe Melo critica Lucas Lima e Patrick de Paula após afastamento - Pedro H. Tesch/AGIF
Felipe Melo critica Lucas Lima e Patrick de Paula após afastamento Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 22h10

Capitão do Palmeiras, Felipe Melo afirmou que Lucas Lima e Patrick de Paula serão cobrados pelo elenco após serem flagrados - com poucos dias de diferença - em festas clandestinas.

Em entrevista à TNT Sports, o camisa 30 reprovou o "erro grotesco" dos meio-campistas, e alertou sobre os riscos da covid-19. Felipe ainda citou as recentes mortes do segurança e do podólogo do clube pela doença.

"Tivemos reuniões aqui dentro, a gente vai cobrar, como líderes, mas são meus companheiros de trabalho, são atletas que jogam junto comigo no Palmeiras e não tenha dúvida que eu jamais vou deixar para trás um atleta meu. Vão ser criticados de forma justa. Têm que ser criticados sim. Eles têm que entender que eles erraram, mas eu, com um dos capitães do elenco, jamais vou deixar um companheiro meu para trás", falou Felipe em entrevista à TNT Sports.

"Nós temos que abraça-los e fazê-los entender que isso não pode se repetir de forma alguma, porque vidas estão sendo ceifadas por causa desse vírus. A gente não pode dar mole não", completou.

Felipe evitou "fuzilar" os companheiros de time, mas deixou claro que o erro não pode se repetir.

"É bem complicado, é difícil, devido ao momento, sobretudo pelo que aconteceu recentemente no clube, a perda dessas três vidas. Para gente, passa um dia, dois dias, três dias, dez dias... Vai ficar a lembrança, a saudade, mas e a família? A dor da perda é bem difícil", disse o camisa 30.

"Erraram Lucas Lima e Patrick de Paula. Já foram multados. É bem complicado eu colocar na parede e fuzilar cada um deles. Já não pode voltar atrás, então, é entender que não pode repetir, principalmente pelo momento que a gente vive. Foi um erro grotesco, que não pode se repetir", complementou.

Palmeiras