PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Sheik critica Corinthians após empate: 'Não tem mais como defender'

Emerson Sheik, comentarista do Arena SBT - Marcio Komesu/UOL
Emerson Sheik, comentarista do Arena SBT Imagem: Marcio Komesu/UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/03/2021 00h15

Comentarista do SBT, Emerson Sheik afirmou, após o empate sem gols entre Red Bull Bragantino e Corinthians, ontem, na primeira rodada do Campeonato Paulista, que o time da capital é indefensável e deve mandar muitos jogadores embora para melhorar.

"Não tem mais como defender esse time. Tenho certeza que a diretoria está tentando mudar isso, acho que vai sair um caminhão de atletas. Mas, ninguém aguenta mais, torcedor não aguenta mais. Não tem como defender o Corinthians. Tem que tentar resgatar o amor do torcedor pelo clube, se dedicando mais, se esforçando mais", disse o ex-jogador em participação no Arena SBT, hoje.

Também presente na atração, Mano corroborou a opinião de Sheik, dizendo que a última chance para parte do elenco corintiano era o fim do Campeonato Brasileiro. O comentarista entende que muitos jogadores não têm vontade de atuar no time alvinegro.

"Quando eu dizia no Brasileiro que o time poderia dar mais, poderia. O Fagner não está jogando o que pode, o Gil e o Jemerson também não. Na boa, o sprint que eles poderiam dar era na reta final. Não deram, é hora de passar o facão e tirar do time. Tem jogador que não tem tesão de vestir a camisa do Corinthians", disse Mano.

Nova briga contra o rebaixamento

Na opinião de Benja, o Corinthians pode brigar para não cair no Campeonato Brasileiro em mais uma temporada se não houver uma melhora substancial nas apresentações da equipe.

"É inadmissível ver o que estão fazendo com esse time do Corinthians. Esse time é uma vergonha. Ontem, não teve um chute a gol, não teve impedimento porque não atacou. Esse time brigou para não cair esse ano e vai brigar esse ano de novo", complementou.

UOL Esporte vê TV