PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Gian Oddi vê missão de Abel como 'mais complicada' do que a de Cuca

Gian Oddi, comentarista dos canais ESPN - Reprodução/ESPN
Gian Oddi, comentarista dos canais ESPN Imagem: Reprodução/ESPN

Colaboração para o UOL, em São Paulo

14/01/2021 19h28

Durante o 'Futebol na Veia' de hoje, Gian Oddi comentou sobre qual dos técnicos de Santos e Palmeiras terá a missão 'mais complicada' até a decisão da Libertadores da América. Em seu ponto de vista, o português Abel Ferreira teria mais dificuldades para lidar até o dia 30 de janeiro.

"A missão do Abel deve ser mais complicada, principalmente sobre pensar o que fazer e como fazer. Tudo bem que tem muito mais elenco, mas o Santos o Cuca administra pensando na Libertadores", disse ele, que completou o raciocínio com a trajetória que ambos possuem no intervalo de tempo pelo Campeonato Brasileiro.

"A diferença são os percursos que eles têm até o dia da final. O Santos deixou o Brasileirão em segundo plano. O Palmeiras tem cinco jogos pedreira no brasileiro e o Santos tem quatro até que tranquilos. O Palmeiras ainda briga, não sei quanto o Abel se considera na briga pelo título."

Concordando com o comentarista da ESPN, Mauro Naves afirmou que os treinadores terão que 'coçar muito a cabeça' para esboçar o cenário ideal, justamente pelo fato de que precisam chegar na final, no Maracanã, com os times completos.

"A questão é: Tem que chegar com o time inteiro na final. O que fazer? Jogar três dias antes da final quebra qualquer um. Se você jogar com um time fraco, você está correndo risco. O Flamengo teve uma semana para se preparar para a final, tudo bem que não teve a pandemia, mas os dois esperam que o jogo do dia 27 seja adiado", enfatizou.

UOL Esporte vê TV