PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Sheik discorda de Mano sobre jogadores na noite: ''Eu saía muito''

Emerson Sheik e Vilson acompanham treino do Corinthians no CT Joaquim Grava - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Emerson Sheik e Vilson acompanham treino do Corinthians no CT Joaquim Grava Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/12/2020 00h14

Durante o Arena SBT de hoje, Emerson Sheik e Maurício Borges, o Mano, tiveram uma breve divergência de opiniões sobre o caso de alguns jogadores do Atlético-MG, que estavam em uma balada durante a noite de ontem, em Minas Gerais.

Ao falar sobre a situação, o ex-jogador do Corinthians disse: "O Marrony responde pelo CPF dele, responsabilidade dele, está no lazer dele, se ele entende que tem que curtir a vida desta forma, paciência. Aí cabe a ele corresponder dentro de campo."

Logo, Mano discordou e enfatizou seu ponto de vista sobre o fato de que os jogadores devem ter compromisso com o clube e com os companheiros: "Primeiro que é um momento de pandemia, não se deve pensar em balada e sair. Segundo, o jogador que vai treinar cedo, descansado, rende muito mais do que quem estava na balada".

Inquieto, Emerson pediu direto de palavra a discordou de Mano, relembrando detalhes de sua carreira: "Eu discordo, Mano! Eu compartilho do Theo, o momento não é de balada. Eu saía muito, todo mundo sabe disso mas no dia seguinte, 7h30 eu estava no clube."

Diante do clima que ficou no programa, Benjamin Back retomou o comando e trocou de assunto durante a atração.

UOL Esporte vê TV