PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

'Thiago Galhardo nunca acabou com os jogos', diz Pedrinho

Pedrinho, comentarista do Grupo Globo - Reprodução/SporTV
Pedrinho, comentarista do Grupo Globo Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/11/2020 16h51

Após Thiago Galhardo perder o segundo pênalti seguido no empate em 0 a 0 do Inter com o Atlético-GO, ontem, pelo Brasileirão - o primeiro foi contra o América-MG pela Copa do Brasil -, o comentarista Pedrinho, do Grupo Globo, afirmou que o jogador não pode ser cobrado sozinho pela queda de rendimento do Inter, já que nunca foi o responsável pela construção das jogadas.

Pedrinho enfatizou que as características que levaram Galhardo à seleção foram sua capacidade de finalização e de dar assistências. Assim, o comentarista concluiu que ele pode ser cobrado apenas pela falta de gols nas últimas rodadas. Ainda assim, o ex-jogador fez a ressalva de que ele tem tido menos chances.

"O Thiago Galhardo, nessa sequência maravilhosa que ele teve, fazendo gols, a gente parou de avaliar o que estava acontecendo dentro de campo para ir no que é mais confortável para comentar. Uma coisa é ele fazer gols e dar assistências, outra coisa é acabar com os jogos. O Thiago Galhardo nunca fez isso", avaliou Pedrinho no Troca de Passes, do SporTV, ontem.

"Ele é um cara do último passe ou do gol. É lógico que o gol é a essência do jogo, mas a gente atrelava isso a um desempenho maravilhoso e não era. Ele não participa bem do jogo. Ele é do último passe ou do gol. E a gente começou a exaltar o jogador, a atribuir a ele um desempenho excepcional. Então se cobra dele, um jogo que ele não fazia. Ele fazia gols, e poderia ser cobrado por isso - apesar de estar tendo menos chances -, mas não por construir jogadas, driblar. Isso ele não fazia, colocaram que ele fazia e avaliaram que ele chegou na seleção por isso", concluiu.

Como fica o Inter no Brasileirão

Com o empate, o Inter manteve a quarta colocação do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos, mas viu o Atlético-MG abrir vantagem de cinco pontos na liderança da competição. Além disso, Palmeiras e Santos, que venceram na rodada, atingiram a mesma pontuação do time colorado.

UOL Esporte vê TV