PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Gian Oddi elogia Daniel Alves: 'Quando está bem, é o melhor do São Paulo'

Gian Oddi, comentarista dos canais ESPN - Reprodução/ESPN
Gian Oddi, comentarista dos canais ESPN Imagem: Reprodução/ESPN

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/11/2020 14h08

Comentarista dos canais ESPN, Gian Oddi elogiou o desempenho de Daniel Alves na vitória do São Paulo por 3 a 0 sobre o Flamengo, que classificou o time para a semifinal da Copa do Brasil. Na opinião do jornalista, a partida contra o time rubro-negro deixou claro que o meio-campista é o destaque do time tricolor na temporada.

"Acho que houve um exagero muito grande (nas críticas ao Daniel Alves). Isso se intensificou por causa (do vídeo) da rede social. É incrível como a rede social tem mais importância que o futebol. Reclamaram do batuque. Está claro que, quando o Daniel Alves está bem, ele é o melhor jogador do São Paulo. Sempre que ele esteve bem, ele foi o melhor do São Paulo em campo, olhando para tudo. Contra o Flamengo, foi espetacular", disse Gian, em participação no Linha de Passe, da ESPN Brasil, ontem.

"No primeiro tempo, o São Paulo tinha muita dificuldade e ele foi importante para clarear o jogo, para trocar passes e acalmar o time, no que podia ser uma pressão do Flamengo. No segundo tempo, deu uma assistência espetacular. O que eu acho que tem que ser diferente é que tem que dosar, poupar. É necessário. Ele tem 37 anos. É normal imaginar que ele jogue mal alguns jogos porque ele não parou um segundo. Mas é ridículo falar que ele não pode jogar no São Paulo. Não só pela história dele, mas pelo que ele tem jogado no São Paulo", continuou o comentarista.

Também presente na atração, Vítor Birner destacou o papel de liderança exercido por Daniel Alves sobre o elenco são-paulino e opinou que não há espaço para se cogitar tirar o camisa 10 do time titular.

"O Daniel Alves, que muita gente queria fora da equipe, foi gigante. Participou diretamente de dois gols, foi perfeito na marcação, muito bem na saída de bola, desafogou o time quando estava mal. Porque é um líder. É um cara que, se joga três jogos mal, você não tira do time de forma alguma. É um dos maiores erros olhar para o São Paulo e querer tirar o Daniel Alves, desrespeitando sua história e seu futebol atual", complementou Birner.

Nas semifinais da Copa do Brasil, o São Paulo encara o Grêmio - que eliminou o Cuiabá, ontem. O time paulista faz o jogo de ida fora de casa, no dia 23 de dezembro. O segundo jogo é no Morumbi, no dia 30 de dezembro.

UOL Esporte vê TV