PUBLICIDADE
Topo

Seleção em primeiro e Palmeiras em último: o ranking das reprises da Globo

Jogadores da seleção brasileira comemoram o pentacampeonato em 2002 - Reprodução
Jogadores da seleção brasileira comemoram o pentacampeonato em 2002 Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

02/06/2020 10h34

Reprisando jogos antigos de futebol nas tardes dominicais desde 12 de abril, a Globo tem visto a audiência da faixa cair semana após semana. Nesse domingo (31), ao reexibir o jogo que deu ao Palmeiras o título da Libertadores de 1999, a emissora registrou sua pior marca com o formato em São Paulo e ficou atrás do programa da apresentadora Eliana, do SBT. Os melhores números foram alcançados com jogos da seleção brasileira, que deram início aos trabalhos.

Levantamento do UOL Esporte mostra que as reexibições das finais do penta e do tetra foram as campeões de audiência até agora. Exibida no dia 12 de abril, a vitória sobre a Alemanha em 2002 marcou 20,8 pontos, com picos de 24 na Grande São Paulo. Foi a última partida na capital paulista a superar a meta inicial do esporte da emissora, que queria fechar as reprises com pelo menos 18 pontos.

Em segundo lugar, aparece a reprise da decisão contra a Itália de 1994, realizada em 26 de abril, que fechou com 16,5 pontos e picos de 21 na Grande São Paulo. Além dessas duas partidas, nenhuma outra reexibição conseguiu chegar à marca dos 16 pontos.

Além da Libertadores de 1999, as piores audiências vieram com a vitória do São Paulo sobre o Liverpool no Mundial de Clubes de 2005, exibida no dia 24 de maio, que fechou com 12,1 pontos, e com a final do torneio feminino de futebol dos Jogos Pan-Americanos de 2007, com 11,4 pontos.

No Rio de Janeiro, os campeões de audiência são divididos. Os maiores índices vieram com o pentacampeonato da seleção e a reprise da final da Libertadores do ano passado, na qual o Flamengo levou a melhor sobre o River Plate. As reprises fecharam com 19 pontos de Ibope. Por outro lado, as piores marcas vieram com o jogo que deu ao Fluminense o título do Campeonato Brasileiro de 2012 e com a seleção feminina campeã pan-americana em 2007.

A queda de audiência faz a Globo avaliar se continua com as reexibições de jogos históricos após este domingo (7). Existe uma questão comercial de entrega de exposição para os anunciantes de transmissões esportivas, e as reprises também servem para preencher esta lacuna.

Para este domingo, mais dois jogos estão previstos. Para São Paulo e parte do país, será reexibida a final da Libertadores de 2011, que teve o Santos de Neymar superando o Peñarol. Quem estiver no Rio de Janeiro e outras partes do Brasil poderá ver a final do Brasileirão de 1995, na qual o Botafogo levou a melhor sobre o Peixe. Para o dia 14 de junho, ainda não se sabe como ficará a programação da Globo.

O ranking em ordem de audiência na Grande São Paulo:

Copa 2002: Brasil x Alemanha - 20,8 pontos (12 de abril)

Copa 1994: Brasil x Itália - 16,5 pontos (26 de abril)

Copa das Confederações 2005: Brasil x Argentina - 15,1 pontos (19 de abril)

Copa das Confederações 2013: Brasil x Espanha - 15,1 pontos (3 de maio)

Mundial de Clubes 2012: Corinthians x Chelsea - 14,9 pontos (17 de maio)

Mundial de Clubes 2005: São Paulo x Liverpool - 12,1 pontos (24 de maio)

Final futebol feminino no Pan-2007: Brasil x Estados Unidos - 11,4 pontos (10 de maio)

Libertadores 1999: Palmeiras x Deportivo Cali - 10.0 pontos (31 de maio)

Siga o UOL Esporte no

UOL Esporte vê TV