PUBLICIDADE
Topo

Daniel Alves rebate críticas sobre agasalho e pede respeito ao futebol

Seleção brasileira de futebol conquista o ouro na final contra a Espanha nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Clive Mason/Getty Images
Seleção brasileira de futebol conquista o ouro na final contra a Espanha nos Jogos Olímpicos de Tóquio Imagem: Clive Mason/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

08/08/2021 18h12

Daniel Alves usou as redes sociais para rebater as críticas que a seleção olímpica do Brasil recebeu por subir ao pódio sem o agasalho da fornecedora oficial do Time Brasil nas Olimpíadas. Em uma postagem no Instagram, o jogador pediu respeito ao futebol e disse que 'não se faz reivindicações criticando outros esportes'.

"Eu como capitão dessa equipe respeito todas as opiniões de atletas de outros esportes, porém tem coisas que nós também não aceitamos dentro do esporte. Não queremos ser diferentes de ninguém, mas não aceitamos algumas imposições. Favor quando forem exigir alguma coisa pro seus esportes, respeitar o nosso", escreveu.

"Até mesmo porque prezamos para que haja uma igualdade dentro das modalidades ou pelo menos um equilíbrio. Não se faz reivindicações criticando outros esportes, devemos criar uma base sólida nas nossas teses para defender as nossas solicitações. Obrigado"

Bruno Fratus, da medalha de bronze nos 50m livres, criticou os atletas, chamando-os de "desconexos e alienados". A Peak, por sua vez, fez um post irônico parabenizando o futebol pela medalha e alfinetando a Nike, alimentando ainda mais a crise.

Em nota, o COB repudiou a atitude, e prometeu medidas contra a CBF. A situação pode até ir parar nos tribunais, já que o compromisso firmado entre a empresa chinesa e o COB não foi cumprido conforme contrato.